terça-feira, 3 de janeiro de 2017

O que esperar de Conca, novo reforço do Flamengo?


Conca está oficialmente confirmado no Flamengo para a temporada de 2017, após algumas tentativas frustradas de contratação - ficou perto em 2015, mas o tricolor fez jogo duro para não reforçar o rival e o vendeu para a China.

Desta vez não teve jeito. O Rubro Negro convenceu o Shangai SIPG a emprestar o argentino até o final do ano, com opção de compra em dezembro.

Conca está se recuperando de uma grave contusão. O Flamengo abriu as portas e vai expôr toda sua estrutura moderna do Centro de Treinamento, EXOS e do Centro de Excelência de Performance (CEP). É um marco para um clube que nunca se preocupou em construir, mas sempre em gastar.

À exemplo do que o São Paulo sempre fez na década passada, quando montou o famoso Núcleo de Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica (Reffis), atraía diversos jogadores que buscavam recuperação física e depois jogavam pelo tricolor paulista.

O negócio é ótimo: o Flamengo só começará a pagar o salário do Conca, cerca de R$ 350 mil, quando ele estiver plenamente recuperado e à disposição para ser escalado. A previsão mais otimista de seu retorno aos gramados é em março. Ou seja, o clube vai pagar pouco mais de R$ 3 milhões em 2017 para ter um dos melhores meias do futebol brasileiro, com poder de decisão incrível.

Conca precisa ser encarado como uma aposta, uma oportunidade que surgiu e que não poderia ser perdida. Não pode ser tratado como grande reforço, primeiro porque, apesar de não ter um histórico de contusão na carreira, tem 33 anos e não se sabe como voltará após a recuperação, segundo porque o Flamengo tem Libertadores já no começo de março e a data de sua volta é incerta. Pode ser que só volte mesmo nas oitavas de final, e o Rubro Negro vai precisar estar lá.

Dentro de campo Zé terá a missão de fazer o que não conseguiu em 2016: jogar com dois meias. Mas desta vez não terá Allan Patrick e Mancuello - que nem é um meia clássico, nem o Ederson que pouco jogou, mas sim o Conca, para ajudar Diego.

Curioso que ultimamente a maior preocupação de alguns especialistas é saber quem vai marcar nesse time. Como se fosse um ato individual: "voltar pra marcar, fechar lateral". O conceito hoje é todos marcarem, todos recomporem e fechar o espaço de forma agrupada, e quem ficar lá na frente ajudar no combate.

Vimos por diversas vezes o próprio Diego dando combate e voltando pra desarmar, e isso sem ele ter tido uma pré-temporada. A expectativa é de que, iniciando o ciclo normal de preparação, que seja um jogador ainda mais decisivo e que ajude muito o Conca na troca de passes e no poder de decisão, tão importante em mata mata. Por vezes vimos no ano passado também o Diego recuando pra ajudar na saída de bola. Pode muito bem cumprir esse papel, fechando a segunda linha de quatro e deixando o argentino lá na frente com o Guerrero.

O adversário, na verdade, é que terá com que se preocupar em encarar tanta diversidade e força ofensiva no ataque.

Confira o vídeo: Diego inicia a jogada antes da linha do meio de campo. Vê a escapada pela esquerda, mas fica posicionado para guardar as costas do Jorge. O Grêmio volta pro ataque e Diego permanece guardando posição praticamente como um volante, até que dá o bote correto, recupera a bola e sai com categoria pro ataque. Tudo isso aos 35 minutos do segundo tempo.

5 comentários:

Anônimo disse...

MDaemon

Haja Maracanã para receber toda a Torcida do Mengão!!!

Saudações rubro-negras

Julio Martins disse...

Elias inteiro nos ajudando a ganhar títulos por três anos. Isso é bom senso. Conforme você mesmo disse André, Conca, com todo respeito, é aposta na circunstância atual. E só por seis meses. Quando ele ficar bom, volta para a China.

Joanilson Silva disse...

Tbm não consigo entender esse problema todo com marcação, pois temos o Para q joga na direita e tem poder de marcação e seria ate bom ele ficar mais preso dando total liberdade ao Conca e Diego, pois assim ele atrapalharia menos no ataque. Podemos dar uma segura tbm no Arão e fazer so ele subir na boa, podemos colocar o Everton com o Guerrero e o Everton sempre apoiou e muito na defesa, arrumando um jogador para tirar o cancer do MA do time, ganhariamos mais um jogador em campo e alguem q levasse a bola ate Diego e Conca.

Cadu Rollo disse...

A contratação eh ótima, isso é indiscutível.

Ainda que argumentem que ele só volta a plenas condições lá pro meio do ano, a Libertadores esse ano é disputada em 12 meses, e não temos urgência pois o time já está montadinho com jogadores decisivos.

E aí que ta o brilho disso tudo. Ele eh um plus, mas um plus de luxo.

Além de ser um cara muoto talentoso, é um cara de grupo e bastante profissional. Vc não vê envolvido em confusão, em noitada, em polêmicas.

É uma aposta? Claro que sim, praticamente toda contratação é... mas é uma daquelas apostas que tem tudo pra dar certo.

Vamos continuar dando tiro certo, que ta ficando bonito rs

Guilherme disse...

Bienvenido Darío Conca!!!