quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

NBB 2012/2013: São José 82 x 84 Flamengo

Kojo, um monstro!

Todos vivos? O Flamengo quase matou meio mundo na noite dessa terça-feira e olha que sem a transmissão do pífio Sportv que preferiu escolher o sensacional clássico da rodada Minas x Joinville, com todo respeito.

O fato é que o time soube manter a frieza mesmo quando perdia por 12 pontos, foi decisivo nos momentos finais virando a partida com show de Kojo e Marquinhos e derrotou o completo São José por 84 x 82. Foi de matar!

Agora são vinte vitórias em vinte jogos. Uma campanha espetacular, recheada de jogos memoráveis. É pra ficar na história.

Marquinhos foi o cestinha com 20 pontos e 7 rebotes. Kojo fez uma partida heróica e terminou com 17 pontos, Olivinha anotou 16 pontos com 5 rebotes e o pivô Caio Torres anotou 15 pontos e pegou 9 rebotes.

Duda, importantíssimo com seus 11 pontos. Partida ruim, pela segunda vez seguida, foi do armador Benite, com apenas dois pontos.


A PARTIDA

O Flamengo começou bem o jogo, apesar do equilíbrio inicial. Sem a mão calibrada na linha de três pontos de ambas as equipes, Marquinhos comandava o time com seus sete pontos, ajudado por Olivinha e Kojo. O primeiro quarto terminou favorável: 23 x 18, apesar do caldeirão no ginásio paulista.

Já o segundo quarto foi sofrível. O Flamengo, dono do melhor ataque do campeonato, passou quase sete minutos com apenas dois pontos de Caio Torres. Precisou Gegê vir do banco para matar uma bola de três pontos e desafogar o time.

Mas São José, liderado pelo seu armador Fúlvio e os tiros certeiros de Dedé e Jéfferson, abriu 14 x 02 e fechou o quarto permitindo apenas dez pontos do Flamengo: 40 x 33.

A esperança era que o time voltasse bem, como tem sido nessa temporada, no terceiro quarto. Porém era São José que vinha com tudo, empurrado por sua torcida e favorecido por um Flamengo que errava tudo no ataque, abrindo 53 x 42.

Até que Duda entrou e acertou uma bola de três, derrubando a vantagem para 56 x 51. Mas Luiz Felipe e Fúlvio responderam com cestas de três pontos, voltando a subir a diferença. O Flamengo não desistiu e com grande atuação de Caio Torres e Marquinhos, fez a vantagem despencar para 64 x 61. O jogo ainda era nosso.

No quarto decisivo o Flamengo voltou alucinante. Marquinhos e Duda acertaram tiros de três pontos para empatar o jogo: 69 x 69. São José ainda respondia, mas depois foi a vez de Olivinha matar sua bola de três para atordoar o adversário e virar o placar: 81 x 80.

São José não desistia com Jéfferson dando o troco na linha de três pontos, Marquinhos respondeu com uma cesta simples. A invencibilidade estava por um fio, até que Kojo resolveu a parada, fazendo a cesta e sofrendo falta: 84 x 82.

Posse de bola final toda para São José com vinte segundos. Nada mais nada menos que um toco duplo de Marquinhos e Zanotti para impedir a cesta do São José e confirmar a vitória Rubro Negra.

Santo Deus!!!!

4 comentários:

Marcelo disse...

Espetacular! Agora é foco total na Liga das Américas. Esse quadrangular não vai ser tranquilo não. Será que vai ter transmissão? O Fox Sports transmitiu o quadrangular do Pinheiros na semana passada, certo?

Anônimo disse...

Só queria entender por que o Brasília não jogou essa rodada? Os caras jogaram no último sábado e tiveram mais tempo pra descansar para a Liga das Américas. Só pode ser favorecimento. O jogo deles seria contra o Basquete Cearense.
Fica aqui a indignação.

Erivaldo disse...

Nada nesse país é sério. A Federação quis ajudar ao Brasília adiando seu jogo, visando pegar um Flamengo mais cansado e, talvez, mas não aconteceu, abalado psicologicamente por uma provável derrota. Ainda bem que somos o Mengão, maior e melhor do mundo.

André Amaral disse...

Bem observado amigo, Brasília folgou nessa rodada.

O Flamengo chegou hoje e já joga amanhã. Muito ruim mesmo!