terça-feira, 20 de junho de 2017

Com Flamengo na Ilha e Fluminense no Giulite Coutinho, o Maracanã cairá no ostracismo

Com despesas que quase bateram a marca de um milhão de reais, o Fluminense obteve seu primeiro lucro jogando no Maracanã, justamente contra o Flamengo, no empate em 2 x 2.

A renda bruta do clásssico foi de R$ 1,4 milhão. As despesas para se jogar, para um público de 33 mil pagantes e 37 mil presentes, chegaram a R$ 943 mil.

O tricolor levou para casa R$ 266 mil e o clube da Gávea R$ 226 mil, descontando as penhoras.

Antes, foram quatro partidas jogando no Maracanã, que resultaram em mais de R$ 1,3 milhão de prejuízo para o clube das Laranjeiras.

Em 15 de maio, este Ninho da Nação fez as contas e constatou que o Rubro Negro teve média de quase 50 mil por jogo nas três partidas pela Libertadores e nas duas finais do Estadual, porém, de uma renda bruta de R$ 11 milhões, só ficou com inacreditáveis R$ 1,6 milhão limpos.

Em entrevista nesta terça-feira ao Sportv, o presidente do Fluminense, Pedro Abad, reclamou dos altos custos de jogar no Maracanã, afirmou que está retornando para o estádio Giulite Coutinho, onde mandará o restante dos jogos do Brasileiro.

Com o Flamengo já tendo encontrado sua casa própria na Ilha do Urubu, o Maracanã vai cair tristemente no ostracismo futebolístico, pois, lembremos, foi o clube da Gávea que por duas vezes tirou as poeiras e reabriu o então "maior do mundo" na marra, à fórceps.

Na primeira vez no final do Campeonato Brasileiro do ano passado para uma sequência de três jogos. Este ano novamente investiu pesado para reabrir o estádio visando os três jogos da Libertadores e as finais do estadual. Agora acabou essa história.

Enquanto isso, seguem estudos indefinidos do poder público sobre lançar ou não uma nova licitação.

8 comentários:

João Paulo disse...

Permitem que eu fale de basquete no post errado, contudo, cadê o basquete do Flamengo? Mais de um mês e meio depois da eliminação e do final da temporada, todo mundo já se mexendo alguns elencos quase definidos como é o caso do Mogi e o Flamengo a única coisa definida é que o treinador cumpre o resto do contrato. Até o final da semana o Bauru deve anunciar o americano Anthony o cestinha do NBB 9. Caso o patrocinador cumpra com o prometido na coletiva de apresentação o investimento pra próxima temporada vai ser bem grande, a condicional era que o time ganhasse. Aqui em Bauru falasse muito na volta do Murilo e também do Fischer. É serio que o Flamengo vai terminar de recuperar o Fischer mediante remuneração em dia pra devolvê-lo 100% pro Bauru? Comentou-se também por aqui que houve uma sondagem em relação ao Vitor Benite, que estava em Campinas na solenidade de inauguração do novo centro de treinamento da CBB. O basquete era o único alento da administração do Bandeira e agora como fica?

Antonio Ferreira disse...

João Paulo, faço minhas as suas palavras. André veja se consegue saber alguma coisa. Estou apreensivo pois até agora não tivemos nenhuma notícia. Só a confirmação do José Neto, que pra mim podia ir embora, mas tem contrato, fazer o que?

Barreto. disse...

Famengo está agindo em silêncio . Já definiu quem fica e já há jogadores fechados com o clube, porém só haverá divulgação em julho após o término dos contratos atuais, quando os novos contratos forem assinados. O Flamengo não fala sobre negociações e é muito difícil que alguma informação vaze. Há muita especulação e notícias forjadas, como essa do Fisher , por exemplo.

josecarlosf84 disse...

A noticia do Fischer na verdade era a ida dele pro Bilbao Basket, amplamente divulgada pela imprensa espanhola. Não sei de onde essa galera tira essa idéia de que é noticia forjada. Basta jogar no google ''Ricardo Fischer Bilbao'' e vem uns 20 sites espanhois divulgando. Se vai fechar ou não são outros 500, mas que há o interesse de ambos os lados, isso existe. Mas particularmente acho q não vai fechar, pois o Lucio Redivo, armador argentino, se transferiu pra lá.

Barreto disse...

José Carlos

A notícia forjada a que me refiro não é com relação a ida do Fischer para o Bilbao e sim ao retorno dele ao Bauru.

André Amaral disse...

Pessoal, já temos um post exclusivo para tratar as negociações do basquete. Vamos para lá!

Vinícius disse...

O único lugar do Planeta onde a empresa ladra Odebrecht manda, desmanda, rouba o quanto quer e permanece impune é no Estado do Rio de Janeiro.

Por que será?

Alguma autoridade pode defender os interesses da população do Rio de Janeiro e devolver o nosso Maracanã para nós usarmos plenamente e sem sermos roubados?

AltairVirtual disse...

se não o tivesse feito a situação do maracanã já teria se resolvido, pois a população não teria aceitado ver o maracanã em situação de abandono. ( foi o clube da Gávea que por duas vezes tirou as poeiras e reabriu o então "maior do mundo" na marra ).