sábado, 5 de novembro de 2016

NBB 2016/2017: Bauru 97 x 100 Flamengo


Vitória heroica e gigantesca do Flamengo na abertura de mais uma edição do NBB.

Jogando fora de casa, sem Fischer e Humberto, além do bom armador Pedro Rava, com apenas seis adultos e após duas prorrogações, o Rubro Negro venceu o Bauru por 100 x 97 e iniciou sua trajetória rumo ao quinto título seguido e ao heptacampeonato brasileiro com uma vitória na raça!

JP Batista fez uma brilhante partida e terminou com 29 pontos e 12 rebotes. Marcelinho e Marquinhos terminaram com 22 pontos cada um. Além de Olivinha com seus 15 pontos e 16 rebotes.


O JOGO

Bauru começou melhor, defendo bem, forçou o Flamengo a errar vários ataques. Fez 17 x 12 no primeiro quarto e chegou a abrir 27 x 19 no segundo período, entretanto o Rubro Negro reagiu e cortou a diferença para apenas dois pontos antes do intervalo: 33 x 31.

A boa fase da equipe da Gávea continuou e a virada veio no terceiro quarto nas mãos do capitão Marcelinho: 56 x 54.

O Flamengo impunha seu jogo ofensivo e marcou 30 pontos contra 31 nos vinte minutos iniciais e foi pro quarto final com 61 x 58.

O final foi emocionante. Marcelinho matou de três e fez 76 x 74 restando 12 segundos. Mas do outro lado Alex matou de dois e levou a partida para a primeira prorrogação: 76 x 76.

Léo Meidl inaugurou o tempo extra com uma bola de três e o Bauru abriu 5 x 0: 81 x 76. O Flamengo reagiu, mas a equipe paulista colocou 86 x 80 no placar. Novamente o atual tetracampeão reagiu nas mãos de JP Batista e levou a partida para mais uma prorrogação: 88 x 88.

No segundo tempo extra foi a vez da equipe Rubro Negro largar na frente com JP Batista. Mesmo perdendo Ramon com cinco faltas, o Flamengo mantinha quatro pontos de frente: 92 x 88, 94 x 90.

Foi a vez do Bauru reagiu e por pouco Alex não vira a partida. O jogador errou um lance livre e manteve o empate: 94 x 94. Faltando 11 segundos, JP Batista acerta apenas um lance livre: 98 x 97. Na volta, Alex perdeu a posse de bola e Marcelinho converteu os dois lances livres: 100 x 98.

Faltando cinco segundos, Alex pipocou e perdeu os dois lances livres e o jogo terminou: 100 x 97.

28 comentários:

Batreto disse...

André, já vi gente dizendo que o Fla faria apenas figuração neste NBB. Que aula de pivô JP deu hoje!

Anônimo disse...

O time precisa de reforços, não acho q essa time atual seja capaz de ganhar a competição.

Cadu Rollo disse...

Excelente vitória. Deu pra perceber uma queda na rotação do time do Bauru, está fraca. O time se superou hoje, realmente. E faltou destacar a boa partida mais uma vez do Olivinha, jogou muito!!! Vamos que vamos.

Gustavo Pereira disse...

O Sábado foi igual aos últimos 4 anos de Flamengo. O basquete, Orgulho da Nação, dando grandes alegrias até quando ninguém acredita e o futebol decepcionando, quando todos acreditavam piamente. Grupo super-vencedor esse do basquete, mesmo faltando banco. Incrível.

Por isso, continuo preocupado com a notícia de que o Alexandre Póvoa estaria deixando o clube, insatisfeito com a atual diretoria. Ouvi dizer que ele pediu licença, para depois sair. Alguém sabe se é verdade? Foi o dirigente, junto com o Vido, mais vencedor dessa gestão. Seria uma perda enorme em uma diretoria em que, apesar do mérito de ter ajustado as contas, não tem bons gestores esportivos, sobretudo no futebol que continua sem ganhar nada, apesar de todo apoio.

Barreto disse...

Não gostaria que o Povia saísse, mas se ele sair encontraremos outra pessoa que não trará nenh retrocesso no que já foi conquistado. Confio nesta administração.

Gustavo Pereira disse...

Barreto, respeito suas opiniões sempre ponderadas, mas permita-me discordar. Se a administração fosse boa - esportivamente falando - o clube estaria bem à frente no futebol, onde todas as condições são dadas. Não ganha nada. Pior: o torcedor do Flamengo está se acostumando com muito pouco.

A desmontagem do grupo do basquete - seja o Póvoa, seja o Vido, seja o Neto e comissão técnica - me preocupa e muito. Por exemplo, hoje vimos na quadra Shilton e Gegê , "reforços" do Bauru (patético !!!!) , dispensados pelo Flamengo, que sempre evolui a cada ano (formação de elenco de quem entende). Isso tem um mérito enorme de quem dirige e não acho que seja caraterística da administração Bandeira de Mello como um todo. Vide Wallins, Godinhos, Wrobels, Ximenes, etc... Mesmo que a saída do Póvoa não seja um problema em si, se entrar um dirigente desse estilo no basquete, podemos regredir. E se é verdade que ele está saindo brigado, pode querer dizer alguma coisa. Abraços

Barreto disse...

Gustavo ,é ótimo que vc discorde das minhas opiniões . Assim poderemos sempre trocar opnioes sobre o nosso basquete. Com relação ao futebol eu concordo inteiramente com vc.Entetanto , nos esportes olímpicos, não acho que haja olofotes para atrair pessoas despreparadas. Acho que se o Povoa sair, não imagino o motivo pelo qual sairia, acho que um outro bom dirigente o substituiria.


Ue

lluigi disse...

Só corrigindo o placar, 100 x 97. Nos últimos dois lances livres o Alex pipocou no primeiro, no segundo ele errou de propósito pra tentar o rebote (e nem isso conseguiu pois a bola não bateu no aro kkk). E pipocou mesmo na hora em que passou pra ninguém quando estava 98 x 97, bom demais ver o Alex entregando a paçoca desse jeito hahaha

Flamengo precisa contratar, sim, mas dizer que esse time aí vai passar vergonha no NBB? Jamais.

Anônimo disse...

Até entendo a reação do Póvoa com relação à diretoria. O marketing até hoje não conseguiu um patrocínio e ele que é cobrado por não ter dinheiro pra contratar. A questão da estrela do campeonato mundial de basquete no uniforme também desgastou muito ele internamente, não por culpa dele. Ele é um executivo que deveria inspirar muita gente pela sua qualidade.

Entretanto, concordo que precisamos contratar com urgência. Marcelinho com 41 anos precisou jogar 46 de 50 minutos! Esse ritmo não vai durar a temporada toda. Não só dele, mas de todos.

Cadu Rollo disse...

Não da pra dizer que esse time não é capaz de ganhar a competição, ainda mais tendo ganho do vice campeão paulista fora de casa. No papel o time mais chato será o Mogi, mas longe de ser o time a ser batido, esse é o Flamengo mais uma vez.

Mas é certo que pra rotação do time, ainda mais com tantos jogadores com mais de 30 anos, é importante contratar, ou então vamos sobrecarregar os jovens, que não estão preparados pra isso e vão acabar sendo queimados.

As contratações seriam importantes visando a temporada longa e a Liga das Américas.

Vamos torcer.

Barreto disse...

Anônimo. A partir de novembro o time já terá 9 jogadores na rotação, com a volta de Fischer, Pedro Rava, e Lelé. Com a volta do Humberto em janeiro serão 10 rotação. A partir de novembro o tempo de quadra do Ramon e da dupla cairá muito. O tempo de quadra dos 3 pivôs já está razoável. O Flamengo precisa contratar para reforçar o time principalmente para a LDA porque mesmo com este elenco é o favorito ganhar o NBB.

Cadu Rollo disse...

Para quem sempre pergunta sobre a arena (quase todos rs):

http://www.lance.com.br/flamengo/vice-fla-diz-que-duas-semanas-sai-licenca-para-construcao-arena.html

Se for verdade, aleluia!

DAVID disse...

Vendo esse jogo de sábado fechei minha conclusão que bate com o que eu pensava.O quinteto titular do Flamengo (com o Fisher) é o melhor do Brasil e capaz de ganhar o NBB e Liga das Américas. Jogamos com o Bauru na casa deles, eles com um ritmo melhor já que vinham do campeonato paulista que é bem mais forte que o carioca, com o elenco completo inclusive com os dois contratados do Rio Claro e com nosso time com 4 desfalques. Vale lembrar que estamos sem os dois armadores e sacrificando o Ramon por essa razão. Alem disso o Humberto ajudaria na rotação e armação e o Lelê é um dos melhores jovens do elenco.Ficou provado tb que Gui e Gegê não resolvem o problema do Flamengo, é desperdiçar dinheiro à toa. Gui faz um jogo bom em 10 e o Gegê é o Gegê. Não desesperamos em nenhum momento mesmo estando atrás no placar em grande parte do jogo.Foi um jogo de muitos erros mas jogamos o jogo. Importante atentar que tivemos um aproveitamento pífio nas bolas de 3 pontos 6/29 o que comprova que não foi um dia "daqueles" que nos fez ganhar. O campeonato é longo, a LDA é complicada e precisamos de uma ou duas peças para fechar o elenco. Mesmo sem elas com a volta desses 4 jogadores mudamos de status. Precisamos liberar o Ramon para a ala, tirar tempo de quadra do Marcelinho e descansar o Marquinhos. Muita gente critica o JP mas acho ele o melhor da posição no Brasil. Não é espalhafatoso mas tem uma técnica e índices de aproveitamento incríveis. O tiro de meia distancia é mortal (é só olhar as médias dele) .Soube de amigos da diretoria do Flamengo que vem um americano pro garrafão (provavelmente janeiro) e ajudaria demais e que se sair um patrocínio virá um novo jogador para a ala (a conferir).Sem esse pivô vamos sofrer um pouco com pivôs pesados em cima do Mineiro, JP e Olivinha. João Vitor é muito novo. Se formos avaliar o Vasco equilibrou os jogos contra o Flamengo jogando basicamente com o Murilo e o Fiorotto dentro do garrafão carregando nosso pivôs de faltas. Com toda sinceridade vejo essa ordem hoje no NBB, Flamengo, Mogi, Bauru,Brasilia e Franca e só vejo o Mogi hoje endurecendo uma série de playoffs (isso com esse elenco de hoje). Com um ou dois reforços de qualidade vira obrigação o titulo.

DAVID disse...

Só complementando colocaria o Vasco logo atras do Brasília.

Barreto disse...

Davd, concordo com tudo o que vc colocou. A minha opinião sobre o Teichemann, GG e Guilherme Deodato eu há manifestei aqui. Não possuem nível para jogar no Flamengo mas jogam no Bauru atual até porque o Shilton está por lá. Já fui até bombardeado neste blog por dizer que JP é o melhor pivô jogando por aqui. Quanto ao Lelé acho tb que ele é bom mas acho que o melhor destes jovens que vieram ( excluo o Humberto desta relacao de jovens) é o Pedro Rava pelo fato de há ter atuado uma temporada inteira no NBB e,portanto, mais experiente. Aliás há muito tempo não vejo jovens tão bons no Flamengo.

Anônimo disse...

#SRN
DAVID, não concordo com a sua lista de times, estava indo bem até incluir o Vasco, não vejo o Vasco sendo um dos protagonista desse campeonato, tem muitos times acima dele, eles não ficam entre os 8 melhores, e nem vão entrar nos playoffs finais, essas vagas já estão preenchidas por Flamengo, Mogi, Bauru e Basquete Cearense/Franca, só se acontecer alguma coisa muito diferente para mudar.
O time do Vasco só tem jogadores em decadência, técnica e física, não aguentam um campeonato como o NBB e nem jogos disputados como os Playoffs, eles só não foram varridos pelo Flamengo no Carioca, por 2 motivos, o Flamengo estava usando como pré-temporada e muito desfalcado, se não, já teria terminado com sobra, a disparidade técnica entre um time e outro é monstro.
O JP no final do jogo deu uma entrevista na qual ficou bem claro o que o Flamengo pensa, ele começou dizendo: "No 1º jogo do ano", e é assim que eles pensam, que o ano está começando agora, 11x campeão carioca, não tem graça esse título para eles, claro que vencer é sempre bom, principalmente do Vasco, mas eles pensam muito maior que "apenas vencer o carioca" e agora com o 3º jogo da final sendo em dezembro, esquece, o Vasco vai fazer de td para não entrar em quadra, vão arrumar todas as desculpas possíveis, pois sabem que serão massacrados caso o Flamengo jogue td o que sabe.
O Flamengo mostrou que o time continua forte para essa temporada, claro que precisa de contratações para vencer os campeonatos que vai disputar, até pq temos carências no garrafão e talvez na ala (depende muito de como o Humbeto vai se comportar), diferente do ano passado, qdo o problema era na crianção, esse ano estamos muito bem servidos nessas posições, o time vai crescer, os jovens virão juntos, e essa mescla vai ser muito importante para o futuro.
Parabéns a diretoria que está fazendo um ótimo trabalho mais uma vez, e não pensando com o coração, mas sim com a razão.
E segura pois assim que a Arena estiver pronta, será difícil vencer o Flamengo em casa, o mini caldeirão está sendo levantado.

Anônimo disse...

#SRN
Barreto, concordo com vc, esses nomes citados já passaram pelo Flamengo e já contribuiram com o que podiam, cada um na sua época, e o Deodato não tem basquete para Jogar no Flamengo, se for para trazer jogadores assim, que fiquem com os jovens, e tenho a mesma opinião que vc, a muito tempo o Flamengo não tinha "garotos" com tanto potencial de crescimento. Eles estão entrando com personalidade e vontade, e com mais tempo em quadra, vão se soltando cada vez mais, com certeza serão muito mais aproveitados contra equipes não tão fortes do NBB dando um tempo maior de descanso para os "veteranos".
A diretoria acertou em cheio esse ano nesse sentido, sem dinheiro em caixa, fazer essa mescla ao invés de ir buscar jogadores do 2º escalão do basquete nacional, e olha que tinham muitos no mercado que fariam de td para jogar no Flamengo.
Concordo que esse ano o JP está jogando muito, nem parece o mesmo jogador do ano passado, ele mesmo comentou que com mais tempo de quadra e mais adaptado, está se sentindo muito bem, porém ainda acho o Caio Torres mais jogador do que ele no momento. Não muito, mas ainda um pouco mais a frente, mas seria bom se pudêssemos fazer uma mescla entre o Olivinha (determinação e raça) e o JP (técnica e calma), seria um pivô perfeito para o Flamengo.
Abraços,

Barreto disse...

Anonimo # SRN, Minhas saudações rubronegras.

Barreto disse...

Anonimo # SRN, Quando jogadores têm nível técnico semelhante é muito difícil dizer quem é melhor. Acho que o Caio tem um jogo melhor de costas no garrafão e tem mais força. Caio melhorou muito depois que perdeu cerca de 15 Kg. No conjunto da obra acho JP mais compleoto, com um pouco mais leitura de jogo, um pouco melhor nas assistências e bem melhor nos tiros de média distância. Concordo que sao jogdores quase que equivalentes.Quem sabe ainda não teremos os dois juntos no Fla. Vc falou na Arena, acho que falta esta Arena para termos o sócio torcedor do basquete. Não vejo quase comentário sobre o Danilo Monteiro. Acho que esse minuto(18anos) tem muito potencial e será um bom jogador.

Anônimo disse...

#SRN
Barreto, seria muito bom se tivéssemos os 2 no time do Flamengo, porém, acho que o Caio não volta, mas a diretoria podia pensar em alguém nesses moldes para revesar com o JP, e concordo com vc em relação as colocações do JP, tenho a mesma visão que a sua.
O Caio também melhorou muito.
Gosto muito do Danilo tb, sempre que entra ajuda muito na marcação, e tem um grande potencial, e o melhor, não se esconde do jogo, reparei que não só ele, mas todos os que estão no elenco hoje, como vc mesmo colocou em um post anterior, a muito tempo o Flamengo não tinha uma geração tão boa qto essa, com mais tempo em quadra e mais experiência, serão muito importantes nos próximos anos.
E sim, com a construção da Arena, o depto de basquete pode fazer muitas coisas em relação ao mkt, o ideal seria um depto separado apenas para o mkt do basquete.

Barreto disse...

Anonimo # SRN Falando dos jovens, tenho que louvar a nova filosofia empregada pela diretoria que consiste em ter nas suas linhas apenas jogadores com potencial de crescimento, o que não quer dizer que todos os jogadores com potencial irão vingar, porque isto depende de uma série de fatores. Repare que os jogadores jovens com idade na faixa dos 20 anos de idade que são os casos do Pedrinho, Lelé e Bispo vieram para compor o elenco da LDB e ajudar na rotação do time principal e está parecendo que foram bem escolhidos. Esta filosofia não prioriza ganhar a LDB, pois o Flamengo já ganhou esta competição, se não me engano por 2 vezes e também como também já chegou por diversas vezes nas finas, sem revelar qualquer jogador. Até mesmo o GG que podemos admitir como mediano não foi formado na gávea. Eram utilizados jogadores experientes, para o nivel de base, Douglas, GG, Chupeta, Felício e outros.Com isso havia uma falsa impressão que tínhamos uma boa base, mas na realidade o trabalho de base era rudimentar. Veja que os jogadores atuais da base( que não foram contratados recentemente) estão na faixa de 18 anos, o que revela que começaram a ser trabalhados há alguns anos. Acho que colheremos bons frutos no médio prazo. Falando de contratações para o elenco principal, tenho opinião que a prioridade deveria ser um jogador da posição 5. A outra contratação, caso ocorra, fica difícil de afirmar agora qual seria a posição mais conveniente , porque dependerá muito da performance do Pedro Rava e do Humberto . Talvez o ideal seja trazer um jogador que façã tanto a 1 quanto a 2. Justin Williams, vem sendo falado nos bastidores como uma possível contratação ( acho que seria dominante por aqui), mas pelo que eu já li, ele tem contrato com o Olímpico por toda a temporada atual. Vamos aguardar e esperar que o Póvoa não deixe a diretoria.

Joanilson Silva disse...

Pessoal sobre a saída do Povoa q já estava desenhada a algum tempo, pelo menos foi o q deixou a entender nas entrevista. O João Henrique Areia, acho q é isso não seria uma boa opção? É um cara de marketing e precisamos muito disso agora. Ele é da chapa verde ou azul? Se for verde imagino q não vai querer já q as Chapas estão acima do Flamengo.

Anônimo disse...

#SRN
Barreto, de novo concordo com vc. A nova filosofia é muito importante até mesmo para futuros jogadores, o Pinheiros faz isso muito bem, não adianta apenas contratar, tem que ser feito uma renovação na base tb.
E vou ser sincero, ganhar o LDB não significa "muita coisa", o ideal é "fazer novos jogadores" e é para isso que ela serve, vencer é apenas a consequência "bem feita" desse trabalho.
E parece que a diretoria tb pensa assim.
Em relação as posições carentes, um 5 é fundamental, (como na temporada passada um 1/2 era) e o Justin Williams pelo que ele fez na temporada que acabou na Argentina, sobraria com certeza, e viria para jogar em 2 posições, como o Mineiro, isso claro se não fizer como o Jason.
Sobre o Póvoa, acho que ele anda desgastado, desmotivado não pelos resultados, mas acredito que pela falta de "incentivo" da diretoria, mas agora com a previsão da construção da Arena, quem sabe ele não repense, isso claro se os boatos da saída dele for mesmo verdade.
Infelizmente o basquete do Flamengo não tem o mesmo apelo para os torcedores que tem o futebol, se tivesse, muita coisa seria diferente.
Sejamos sinceros, o que seriam R$ 2,5 milhões para a atual diretoria no ano em uma eventual ajuda no basquete com a saída (erroneamente) do antigo patrocinador master. Isso não mudaria em nada e ajudaria muito ao time.
As vezes essa mentalidade de futebol "contra" as outras modalidades que não se entende. TUDO É FLAMENGO!!!!

Anônimo disse...

Barreto,

você disse tudo: "o esporte olímpico não chama atenção da mídia, por isso não atrai gente despreparada." Abraços.


DAVID disse...

Respeito a opinião de todos mas continuo achando que o Vasco pega uma quarta de final. Realmente são jogadores veteranos e muitos decadentes mas são 12 adultos e isso conta num campeonato longo como o NBB. Tá certo que a maioria mesmo tendo jogado em grandes times na carreira nunca foram protagonistas mas tem muito time pior no NBB. David Jackson, Murilo, Fiorotto, Helio, Nezinho, Wagner,Ricardinho, Palacios, Drudi, Gaúcho, Marcio Dornelles, Marcellus. Quanto ao ST a saída é realmente a Arena. Aí fica viável um ST do basquete e a resolução dos problemas financeiros para sempre (inclusive de patrocinadores) que vão ter um lugar fixo para exposição da marca. Perturbo demais o marketing do Flamengo à esse respeito. Que venha a Arena.

Pedro disse...

Eu tô lendo a Fla Twitter, torcedor do Flamengo querendo Vitinho, Marinho e Cocozinho para reforçar o time na Libertadores do ano que vem.

E a gente acha que é só o Flávio Godinho que não entende nada de futebol!!!

Amigo, quer contratar certo? Tem R$ 20 milhões? Então contrata o Elias, que está em Portugal, tem alma, veste a camisa do Flamengo com raça, é vencedor, gosta de ganhar títulos e é jogador de grupo.

Não aprenderam ainda com César Martins, Mugni, Allan Patrick, Gabriel, Sheik esperanças que não ajudam, só atrapalham???

Não tem o que fazer??? Vai assistir novela!!!

Cadu Rollo disse...

O que foi a arbitragem hoje contra o Franca hein?! Hahaha... Bizarro.

Importante eh que conseguimos mais uma vitória fora de casa.

Começamos bem!

Barreto disse...

Tudo indica que Fischer, Pedro Rava e Lelé estarão de volta no dia 17 contra o Pinheiros, aliviando a carga da dupla MM e do Ramon. Hoje, contra o Franca, a dupla MM garantiu a vitória juntamente com Olivinha. Um dos fatores que contribuiu para que o Franca colasse no placar foi os sucessivos erros do Ramon no final do jogo, que tem dois atenuantes de peso: não é armador nato e está sobrecarregado pelo tempo excessivo de quadra.