segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Brasileirão 2016: Flamengo 2 x 2 Coritiba


O Flamengo deu adeus à disputa do título brasileiro, termina mais um ano sem levantar um troféu e agora mira a segunda colocação do Brasileiro para, pelo menos, não perder grana nessa história.

O campeão leva R$ 17 milhões, o segundo R$ 10,7 milhões e o terceiro R$ 7,3 milhões.

E claro, garantir a vaga pra Libertadores diretamente para a fase de grupos.

Os primeiros vinte minutos foram do Flamengo que brigava pelo título, que apresentava o melhor futebol do campeonato. Com Éverton e Gabriel abertos e Diego flutuando pelos dois lados do campo. Há muito tempo o time não apresentava tamanha intensidade. A última vez foi no primeiro tempo contra o Atlético Mineiro, justamente com essa mesma formação.

Com menos de cinco minutos o Flamengo abriu o placar com ótimo passe de Éverton. O time seguia na pressão, passava dos 70% de uma posse de bola ativa, entretanto aos poucos o Coritiba foi se ajeitando.

Muralha salvou uma cabeça incrível. E, na sequência, belíssimo contra-ataque puxado pelo Éverton culminando com gol de Diego.

E poderia ter pintado o terceiro se Arão não perdesse na cara do goleiro, após passe de calcanhar de Guerrero. Era pra ter finalizado a partida com um 3 x 0 inapelável.

Mas o final de ano do Flamengo tem sido cruel. E o Coritiba diminuiu no final do primeiro tempo.

Segundo a comissão técnica, Gabriel cansou. Justamente quando o esquema voltou a funcionar, Zé Ricardo escolheu voltar na segunda etapa com Mancuello. Inicialmente fechando como segundo volante e Arão pela direita, depois os dois inverteram. Entretanto o estrago já estava feito e nada foi corrigido para impedir o avanço do Coritiba, que cada vez mais ficava perto do empate.

Poderia ter entrado o Fernandinho, mesmo após a entrada do Mancuello, bastando tirar o Márcio Araújo o centralizando Arão de primeiro volante.

Mas a boa fase de alguns jogadores se esgotou. Fernandinho é um desses e perdeu um gol inacreditável. O castigo foi cruel e Kléber empatou aos 41 minutos.

O Flamengo que já viveu tempos brilhantes no brasileiro, se esgotou. Zé Ricardo que fazia ótimas leituras de jogo, se equivocou nestas últimas rodadas. E a boa fase de tantos jogadores médios acabou: Vaz, Pará, Damião e o Arão, que até contra o Figueirense fazia um ótimo campeonato. Talvez só o Réver continua regular.

E o que falar de Márcio Araújo, que nunca viveu grande fase e sempre foi titular absoluto, só pegando banco quando foi suspenso após expulsão contra o Palmeiras? É um acinte falar em renovação por dois anos depois dessa temporada horrorosa, culminando com esse jogo contra o Coritiba que foi uma vergonha!

Vamos ainda falar muito de Brasileiro. De um Zé Ricardo que caiu do céu, após o problema de saúde do Muricy, de uma diretoria que montou novamente boa parte do elenco titular no meio do campeonato, que gastou com estrangeiros que nem são aproveitados, que  dividiu o estádio quando tinha mando de campo para o Palmeiras, que chegou a ter que chamar o César Martins por que não tinha zagueiro no elenco, além de puxar um garoto da base.

Enfim, um final de ano melancólico.

7 comentários:

Anônimo disse...

MDaemon
Sem comentários...
SRN

CBM disse...

O que jogo mostrou foi que Zé Ricardo não conseguiu preparar nada de alternativo ao 4-3-3, quando ele não dava certo ou na necessidade de alterações o time só conseguia trocar 6 por meia dúzia, só que rendimento bom nas pontas foi só do Gabriel e do Everton e mesmo assim juntos, quando jogou outros como Cirino, Fernandinho, Sheik o rendimento foi ruim em função dos jogadores não estarem jogando nada e não conseguirem fazer o que o Gabriel e o Everton.
Jogar com dois meias ele não conseguiu fazer o time funcionar, um absurdo um técnico não conseguir fazer isso.
O time no segundo tempo não estava treinado essa que é verdade, o Arão não conseguiu ocupar o lado direito bem e o time ficou torto, poderia ter colocado o Everton no lado direito e deixado o Mancuello lá fechando o setor como aliás ele já estava fazendo. O time só melhorou quando ele colocou o Mancuello lá no meio do segundo tempo e o time começou a contra atacar, teve chance para matar o jogo inclusive com o Fernandinho debaixo dos paus e perdeu.
O castigo no final acabou vindo de uma falha individual num lance que era apenas cercar, mas o Vaz resolveu antecipar levou um drible e o Kleber ficou absoluto. Márcio Araújo errou o jogo inteiro só que o primeiro tempo não deixou isso ficar transparente.
A diretoria vai ter que fazer o trabalho do técnico na limpeza do elenco. A pergunta que fica é quem poderia treinar o time dentro de conceitos modernos e aproveitando o trabalho de contratações que a diretoria faz, só vejo o Roger Machado ou tirar o Tite da seleção ou arricar com o Cuca, o resto dos técnicos conseguem ser piores que o Zé Ricardo.

Audiirado Band disse...

Aproveitando o final de ano e o fato do blog ser visitado por muitos torcedores e alguns dirigentes, sugiro que cada leitor faça sua lista dos jogadores que devem permanecer, ser emprestados, negociados, devolvidos, adquiridos, enfim, quem sabe não ouçam um pouco a opinião dos verdadeiros rubro-negros.

Goleiros:
Muralha (permanece)
Paulo Vitor (negocia ou usa como moeda de troca)
Thiago (permanece)
César (empresta ou vende)

Laterais:
Pará (permanece)
Rodinei (permanece)
Jorge (permanece ou vende para fazer caixa)
Chiquinho (não renova)

Zagueiros:
Rever (renova o empréstimo)
Vaz (permanece)
Juan (permanece por conta de muitas competições)
Donatti (permanece)
Léo Duarte (permanece)

Volantes:
Márcio Araújo (não renova)
Cuellar (permanece)
Ronaldo (permanece)
William Arão (permanece)

Meias:
Diego (permanece)
Alan Patrick (devolve)
Mancuello (permanece)
Adryan (daria nova chance)
Lucas Paquetá (permanece)

Atacantes:
Guerrero (permanece)
Felipe Vizeu (permanece)
Damião (devolve)
Fernandinho (devolve)
Ederson (permanece se o departamento médico garantir)
Cirino (empresta ou usa como moeda de troca)
Emerson Sheik (não renova)
Gabriel (empresta ou vende)
Thiago Santos (permanece)

Contratações - sugestões para negociação:
1 goleiro - Gatito Fernandez
1 lateral esquerdo
1 volante - Henrique (Cruzeiro), Felipe Melo...
2 atacantes - Vitinho, William (Cruzeiro), Robinho...


Ferdinand Jr

Anônimo disse...

Aproveitando o final de ano e o fato do blog ser visitado por muitos torcedores e alguns dirigentes, sugiro que cada leitor faça sua lista dos jogadores que devem permanecer, ser emprestados, negociados, devolvidos, adquiridos, enfim, quem sabe não ouçam um pouco a opinião dos verdadeiros rubro-negros. Obs: esqueci do Everton, segue a lista atualizada.

Goleiros:
Muralha (permanece)
Paulo Vitor (negocia ou usa como moeda de troca)
Thiago (permanece)
César (empresta ou vende)

Laterais:
Pará (permanece)
Rodinei (permanece)
Jorge (permanece ou vende para fazer caixa)
Chiquinho (não renova)

Zagueiros:
Rever (renova o empréstimo)
Vaz (permanece)
Juan (permanece por conta de muitas competições)
Donatti (permanece)
Léo Duarte (permanece)

Volantes:
Márcio Araújo (não renova)
Cuellar (permanece)
Ronaldo (permanece)
William Arão (permanece)

Meias:
Diego (permanece)
Alan Patrick (devolve)
Mancuello (permanece)
Everton (permanece)
Adryan (daria nova chance)
Lucas Paquetá (permanece)

Atacantes:
Guerrero (permanece)
Felipe Vizeu (permanece)
Damião (devolve)
Fernandinho (devolve)
Ederson (permanece se o departamento médico garantir)
Cirino (empresta ou usa como moeda de troca)
Emerson Sheik (não renova)
Gabriel (empresta ou vende)
Thiago Santos (permanece)

Contratações - sugestões para negociação:
1 goleiro - Gatito Fernandez
1 lateral esquerdo
1 volante - Henrique (Cruzeiro), Felipe Melo...
2 atacantes - Vitinho, William (Cruzeiro), Robinho...


Ferdinand Jr

João Paulo disse...

Não são nada animadoras as notícias de fim de ano. Jorge deve ser negociado, talvez o Guerrero e o Rafael Vaz, ou seja, os que foram bem vão, e, os que ninguém quer, ficam. Lembram como essa diretoria destroçou aquele time campeão da Copa do Brasil no final de 2013. A equipe pra 2014 contratou mais de 10 jogadores e no final todos viram que foi só cabeçada, eliminado na primeira fase da Libertadores.Dirigentes sempre acham que estão levando vantagem ao reformularem seus elencos, mas, basta a temporada começar que a gente vê que não e bem assim. Notícias do tipo: Márcio Araújo renovando por mais 2 anos, compra em definitivo do Fernandinho, dá o direito do torcedor, pelo menos, desconfiar que as reformulações não levem em consideração apenas critérios técnicos, tem interesses outros. Tem gente dizendo que o Flamengo está se reestruturando. Depois de 4 anos? A dívida era de 740 milhões quando o Bandeira assumiu e agora é de 579 milhões e o Flamengo ainda é o 3º clube brasileiro mais endividado. Ninguém mais fala daqueles 60 milhões que iriam pra pagar o Consórcio Plaza, provavelmente a diretoria torrou com as contratações durante essa temporada. Também dizem que o torcedor do Flamengo tem paciência, não é o que já vimos depois do empate do Curitiba. Vamos ver o público contra o Santos, se bem que já fizeram várias vendas conjuntas e nego que já comprou semanas antes. Vamos ficar de olho na debandada do quadro de sócios torcedores, enquanto que o do Palmeiras,,,

Pedro disse...

Ferdinand Jr. podemos analisar da seguinte forma: quem ajudou o Flamengo a ganhar 67 pontos no campeonato fica. É só olhar as escalações e ver quem de fato ajudou. Quem pouco ou nada fez não renova, ou empresta.

Muralha, Pará, Réver, Rodinei, Rafael Vaz, Jorge, Márcio Araújo, Arão, Diego, Éverton, Guerrero jogaram praticamente todos os jogos. Nos ajudaram.

Felipe Vizeu, Mancuello, Damião e Fernandinho nos ajudaram com gols importantes que nos deram várias vitórias.

Os garotos da base naturalmente ficam.

Poréns:

Renovar com Márcio Araújo é pensar pequeno. Difícil ganhar título com ele.

Fernandinho com 30 anos e não saber chutar com perna direita é brabo.

Sheik nem pensar. Juan quer ficar? Então salário compatível para quem vai jogar poucos jogos no ano. Eu não renovaria.

Gabriel é quebra galho.

Marcelo Cirino é craque. Deveria contratar um coaching pessoal para ajudá-lo.

Pessoal, e o Nixon? Virou pastor? rs.

Anônimo disse...

MDaemon

O elenco de jogadores profissionais do Flamengo parece estar sendo comandado por dirigentes amadores, tais as sofríveis iniciativas tomadas neste segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2016, que não preciso relacionar, pois é de conhecimento de todos!
Até quando, será até o final da Era Bandeira de Mello em dezembro de 2018! Nota dez em Finanças, porém zero em conhecimento sobre o futebol do Flamengo!!!
Saudações rubro-negras "bem entristecidas"!!!