domingo, 2 de junho de 2013

Brasileirão 2013: Atlético-PR 2 x 2 Flamengo


O Flamengo empatou com o Atlético-PR e segue sem vitória neste Brasileirão. Pelo menos o time finalmente conseguiu seus gols. Nessa fase atual tudo virou motivo de comemoração.

Após o fiasco contra a Ponte Preta, Jorginho realizou duas mudanças: saíram Renato e Rafinha e entraram Carlos Eduardo e Paulinho. E se alguém tinha dúvida quanto ao futuro de Carlos Eduardo, já pode desistir, o duro será a direção de futebol reconhecer que a contratação mais comemorada falhou, acontece.

No primeiro tempo Paulinho se destacou pela movimentação. O começo de jogo foi até interessante, com boas jogadas pelas laterais, mas aos poucos o Atlético-PR subia a marcação, pressionava a saída de bola Rubro Negra e os passes errados se multiplicavam pela distância entre os jogadores.

A zaga dava muito espaços e é mais um setor que parecia resolvido e agora anda passando por sérios problemas. González e Renato Santos não passam confiança. Quem sabe a volta de um primeiro volante de ofício como o Amaral seja necessário.

E foi na falha individual e absurda de Renato Santos que o Atlético-PR marcou seu primeiro gol.

No segundo tempo Jorginho voltou com Renato e Rafinha, tirando Léo Moura e Carlos Eduardo e deslocando Paulinho pra lateral direta. E o time melhorou. Rafinha e Gabriel chutaram para grande defesa de Weverton. Em seguida Renato e Hernane perderam boas chances.

O mesmo Renato ainda fez um gol, mas estava impedido e foi corretamente anulado. A sorte não anda de bem pro lado da Gávea. O castigo foi cruel e logo na sequência Ederson de voleio marcou o segundo.

Felipe realizava defesas incríveis, impedindo o Atlético-PR de matar o jogo. O Flamengo incendiou a partida com Marcelo Moreno marcando seu primeiro gol com o manto e pouco tempo depois Renato empatou a partida.

Ainda tiveram duas grandes faltas para os dois lados. Felipe voltou a fazer grande defesa e Renato meteu na trave já nos acréscimos.

É isso: em um time sem coadjuvantes, quem aparece pra definir é o Renato. E lidemos com isso.


**************


O Flamengo jogou ontem em Santa Catarina. Voltou ao Rio no sábado mesmo e na terça-feira retorna a Santa Catarina e fica até o jogo de domingo. Não deu pra entender essa programação da direção de futebol. Por que não ficar direto para evitar o desgaste da viagem e ter alguns dias de tempo para treinar?

Bom, acho que nunca antes um treinador teve tanto tempo livre pra treinar como o Jorginho. Não sei também se resolveria os problemas do time. Acho que daqui a pouco terão que cortar o problema pela raiz, no caso: Jorginho.

3 comentários:

Anônimo disse...

Jorginho muito fraco.

Anônimo disse...

Tem certeza que o time voltou para o Rio? Seria a maior burrice da história do futebol. Da história da humanidade, na verdade

André Amaral disse...

"Com o acordo para autorização, o elenco viaja na próxima terça-feira, após o treino da manhã no Ninho do Urubu."

http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2013/05/ferj-tenta-vetar-jogo-em-floripa-e-fla-doa-parte-da-renda-por-liberacao.html