segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

NBB 2012/2013: Flamengo 79 x 66 Uberlândia


O Flamengo voltou ao rumo das vitórias derrotando na noite dessa segunda-feira o Uberlândia por 79 x 66 no Tijuca após a primeira derrota no NBB para Franca no sábado passado.

Marquinhos levou o time à vitória anotando 25 pontos com 8 rebotes. Duda terminou com 11 pontos, Caio Torres com 10 pontos, Olivinha se recuperando das partidas ruins e anotando 10 pontos e pegando 8 rebotes.

Entre os armadores, Gegê foi melhor, com 10 pontos. Benite fez uma partida ruim e teve um aproveitamento apenas de 21%, marcando 6 pontos.


A PARTIDA

No primeiro quarto Robert Day matou magistralmente quatro bolas de três e comandou o Uberlândia que chegou a colocar nove pontos de vantagem. Marquinhos e Caio Torres tentaram responder no ataque, mas a marcação não conseguia se acertar: 23 x 18.

No segundo quarto um show do Flamengo que voltou marcando bem e carregando Robert Day com três faltas. O americano até voltou, mas terminou o quarto zerado. As bolas de longa distância dos mineiros não caiam mais e o Rubro Negro abusou dos contra-ataques com show de Marquinhos, que virou o jogo com uma cesta de três na metade do quarto: 27 x 25.

Depois de passar a frente o Flamengo deslanchou e permitiu apenas quatro pontos do adversário, vencendo o quarto por 24 x 4 apesar dos dois pedidos de tempo infrutíferos de Hélio Rubens, indo pro intervalo com 39 x 27 no placar. Marquinhos foi cestinha com 16 pontos com destaque para Gegê e seus sete pontos.

No terceiro quarto o Flamengo voltou a marcar mal. Robert Day inspirado matou duas bolas de três, colocando 16 x 05 no placar e derrubando a vantagem para apenas um ponto: 44 x 43. Mas o Flamengo reagiu após tempo técnico de José Neto e emplacou 7-0 com Duda (5) e Shilton (2). O time terminou bem o quarto construindo uma vantagem de 59 x 50.

Na volta pro último período o Flamengo voltou fulminante. Com dois minutos de jogo Marquinhos e Gegê mataram duas bolas de três e a vantagem subiu para 15 pontos: 67 x 52. Mas o Uberlândia conseguiu uma sequência de 8 x 0 e baixou a diferença para 67 x 60. Dessa vez, porém, o time soube controlar bem a reação do adversário, e uma bola de três pontos de Olivinha no minuto final liquidou a partida: 79 x 66.

Na quinta-feira tem o grande clássico contra o Brasília no Nilson Nélson às 21h.

7 comentários:

Anônimo disse...

André, o patrocinio da BMG acabou né? Acho um absurdo esse time não ter nenhum patrocinio!

costabrito disse...

Essa recuperaçao depois da perda da invencibilidade foi importante ,mas o que preocupa é a maratona de jogos e a estafa fisica dos jogadores .O Marquinhos jogou 40 min nesse jogo,nao sei ate quando vai aguentar !!!!!Com o Marcelinho e o Kojo fora a situaçao do banco esta ficando complicada !!!1

Antonio Ferreira disse...

Volta logo Kojo e Marcelinho (se der ainda pra essa temporada)! Os armadores precisam de rodízio e o Marquinhos também. Não pode jogar 40 min. Tem que estar fresco (descansado) pros play offs. Poderia usar mais o banco. Temos um histórico de 21-1, então, mesmo que percamos algumas partidas tem que rodar mais com o banco: Duda, o Gringo, Gegê, Douglas e Feliz. Nas partidas teoricamente mais fáceis ou quando a partida permitir.

André Amaral disse...

Conversei com o preparador físico do time e ele disse que o Kojo não tem previsão de volta.

O que o limita é a dor que sente na canela. Está sendo tratado. Tomara que volte o mais rápido possível.

Bem lembrado pelo Antonio Ferreira: Marquinhos jogou os 40 min, sem refresco.

Agora estou torcendo muito pela volta do Marcelinho para dar um descanso ao Marquinhos.

Olivinha teve uma queda nesses dois últimos jogos e Benite também.

Cansaço batendo!

Marcio disse...

Claro q está pesando o número de jogos. Mas não estamos tendo sorte, ou utilizando pouco o banco. Pq o Brasília está crescendo c o mesmo número de jogos?

Marcelo disse...

André, vc sabe alguma coisa a respeito da reportagem que saiu no globoesporte.com sobre o Fla jogar em Cabo Frio? Espero que não resolvam levar o time pra lá justo nos playoffs. A torcida vem sendo exemplar aki no Rio e não merece ficar sem os jogos mais importantes.

Roberto disse...

Tomara q não levem os jogos para Cabo frio! Tem q ser tijuca ou maracanazinho!! E os patrocínios? Estão demorando bastante para vir!