sábado, 29 de dezembro de 2012

Muitos só falam da saída de Cielo, mas a contratação de Marcelo Vido é o destaque

Quem acompanhou os números dos balanços financeiros dos últimos dois anos não foi pego de surpresa com a notícia da não renovação dos principais atletas de natação do Flamengo. César Cielo, Nicholas dos Santos, Joanna Maranhão, Léo de Deus, Tales Cerdeira e Henrique Barbosa estarão desempregados a partir de janeiro.

Mas por que nesse primeiro momento só a natação? Segundo o vice-presidente de esportes olímpicos, Alexandre Póvoa, pesou o fato das principais estrelas não treinarem no clube e não servirem de referência para as categorias de base, que continuarão sob a nova gestão.

É bom que se diga que "não acabou o projeto", até porque não existia um modelo a ser seguido de administração da equipe de natação. O que não pode é a contratação pela simples contratação. Por incrível que pareça, a piscina do clube é antiga, (como não utilizaram a imagem de um campeão olímpico paa reformar seu parque aquático?) vai precisar passar por reforma, e não conseguiram fazer da natação um modelo autossustentável, tanto que Patrícia vai deixando uma herança de três meses de salários atrasados.

Marcelo Vido

Muitos estão focando apenas na não renovação de Cielo e cia, mas esquecendo da excelente contratação de Marcelo Vido, ex-Minas TC, para ser o executivo dos esportes olímpicos. Ele já esteve aqui no blog dando uma entrevista sobre seu trabalho no clube mineiro, veja aqui. Já tinha citado o nome do Vido como excelente especialista da área aqui no blog também. Fico feliz que aceitaram a sugestão...hehe

Outros dizem que o Flamengo não pode abraçar o mundo e que o governo e o COB também tem suas obrigações, claro, porém o governo disponibiliza de mecanismos para incentivar o desenvolvimento dos esportes olímpicos, com a Lei de Incentivo Fiscal. Pinheiros e Minas fazem a festa, já o Flamengo, sem as Certidões Negativas de Débito, fica impossibilitado de usar desse benefício, mesmo utilizando o Instituto Atleta Rubro Negro.

Bom trabalho ao Póvoa e ao Vido. Terão muito trabalho pela frente.

2 comentários:

Marcio disse...

Muito trabalho pela frente mesmo, só que desta vez em mãos competentes. Estou muito ansioso por esse dia 2 de janeiro, efetivamente um dia esperado de forma angustiante. Direção completamente reformulada, profissionais muito gabaritados em todas as áreas do clube. 1 ano, é o prazo que dou, para o Fla ser reconhecido claramente como o maior clube do Brasil.

Anônimo disse...

1
ano? os caras sao bons, mas nao sao magicos. rs