terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Eduardo Bandeira de Mello é o novo presidente do Flamengo


Acabou!!!!!!!!! Eduardo Bandeira de Mello é o novo presidente do Flamengo. Ele vai comandar o Clube pelos próximos três anos. Mas ele não estará sozinho nessa difícil missão: ao seu lado estará uma equipe de primeira linha que formará o Conselho Gestor para administrar o Flamengo.

A eleição teve um total de 2.675 eleitores, batendo o recorde de 2009. A chapa azul teve 52,86% (1414 votos), a chapa amarela de Patrícia Amorim teve 34,17% (914 votos) e a chapa rosa de Jorge Rodrigues alcançou 12,97% (347 votos).

Parabéns aos sócios por esta vitória. Representaram muito bem a vontade da torcida, não se contentaram com uma reforma aqui e ali, viram que a sede pode mais, pode dar lucros para o Flamengo, e viram que essa atual gestão chegou ao seu limite: um parquinho, um estacionamento, reforma das quadras. 

Parabéns à torcida. Que se uniu em torno de um projeto de um novo modelo de gestão apresentado fartamente pelos próprios membros da chapa. E mesmo sem poder votar, utilizou magicamente as redes sociais para expressar sua vontade.

Parabéns à chapa Fla Campeão do Mundo. Que teve a candidatura de Wallim impugnada, mas mostrou que tem um projeto único, e a mudança da cabeça da chapa só ajudou a passar essa imagem, de que não era uma chapa personalista, e sim uma chapa que comungava do mesmo sentimento, a mesma proposta de gestão.

Parabéns ao Zico. Que tacada de mestre, meu Rei, expulsando da Gávea quem um dia teve a ousadia de te expulsar. E mexeu a pedra certeira para garantir a belíssima vitória na noite dessa segunda-feira.

Que lição tomou Patrícia Amorim. Começou o ano sendo franca favorita à reeleição nas duas disputas. E saiu derrotada em ambas. A frase após a derrota é sintomática: "Eu não sabia o tamanho do adversário". Pois é, Patrícia. Seu feudo eleitoral não era tão poderoso assim.

Outro que saiu derrotado foi Lysias, que resolveu se unir com Jorge Rodrigues, o candidato que bastou uma participação de duas horas no debate para passar a ser execrado pela torcida. Poderia ter seguido o exemplo do Ronaldo, do Planeta Fla.

Que alegria, que noite histórica para o Flamengo! A torcida pode voltar a ter esperança. Que venha 2013!

4 comentários:

Ricardo Nagato disse...

Estou muito feliz e otimista com essa nova gestão e um novo modelo para o Flamengo. Esse novo modelo foi o que mais me encantou nessa chapa que foi eleita.

Uma coisa me preocupou ontem e domingo. Li alguns comentários no twitter de atletas do clube que apoiavam a Patrícia.

Eles desdenhavam a Chapa Azul, afirmando que "fariam milagres", que "esporte não é produto".

Acho que o Conselho Gestor (principalmente Bap e Areias) precisarão dar um "banho de loja" nesses atletas, que ainda parecem viver na era do "paitrocínio", de tirar o dinheiro do bolso para competir.

O mundo mudou. Estamos no século 21. Esporte é sim um produto e um dos mais rentáveis e consumidos no mundo.

Creio que os atletas precisarão de palestras semanais sobre marketing esportivo, exploração de marca, licenciamento, marketing pessoal, etc.

Que a era das trevas tenha ficado para trás.

Que o Flamengo olhe para frente com ambição.

SRN

Marcio disse...

Ao comentário aí anterior, não será tão difícil esse banho d loja. Alguns dos atletas protegidos, estão em final de carreira: Marcelinho Machado e irmãos Hipólito.

A pasta jurídica é fundamental. O Fla viveu período de total insegurança, com contratos "estranhos" onde o clube sempre foi prejudicado.

O programa sócio Torcedor abrangente será o mais importante, fazer a massa participar.

Que ano o de 2013: Maracanã, diretoria competente, Adidas......

André Amaral disse...

Muito bem dito, Ricardo, tem razão mesmo. Li isso esses dias pelo twitter de atletas que sigo também.

Na hora da profissionalização querem continuar amadores.

Está na hora do Flamengo ter uma piscina e exigir que seus atletas nadem na Gávea.

Está na hora dos dirigentes formalizarem contratos onde exigem direitos e deveres. O contrato do Cielo é um "pode tudo e, quando puder, pense no Flamengo"

Não acho que por culpa do Cielo, creio que ele sonha em ajudar è natação Rubro Negra, mas sem uma diretoria que também dê uma contrapartida, fica difícil.

Abraços

Ricardo Nagato disse...

Com certeza a parte jurídica, de contratos, é fundamental. Isso foi dito em entrevistas e apresentações da chapa azul.

Sei que não se muda isso de uma hora para outra, pois é necessário rever e renegociar todos os contratos, mas tenho certeza que critérios serão estabelecidos para que haja uma certa padronização nos novos contratos.

Direitos e deveres, imagem do atleta e do clube, etc.

Enfim, há muito trabalho a fazer. Arrumar a casa é sempre complicado, mas agora parece que temos um time competente o suficiente para isso.

SRN