quinta-feira, 3 de maio de 2012

Flamengo sem dinheiro: Bottinelli por Victorino

Sem dinheiro para grandes investimentos, o Flamengo vai usando o que tem no elenco como moeda de troca para se reforçar.

A diretoria emprestou Botinelli em troca do zagueiro Victorino até o final do ano. Vamos lá: trocaram um titular por um reserva, trocaram um zagueiro selecionável por um meia instável, que viveu mais momentos regulares que bons. Não tem como achar essa troca ruim.

Os problemas que precisam ser levantados:

1) Por que o Flamengo emprestou de graça Alex Silva? Por que não pediu nenhuma contrapartida, meu Deus? Coisas que só a diretoria Rubro Negra faz.

2) A questão dos contratos. Geralmente quando um jogador estrangeiro é contratado por quatro anos, o clube faz dois anos de contrato regular com mais dois de gaveta - foi assim com Fierro. O argentino foi contratadado em janeiro de 2010, seu contrato oficial acaba em janeiro de 2013, é bom ficar esperto com esse contrato de gaveta.

3) A questão da convocação para a seleção. González tem sido convocado para seleção chilena, Victorino para a seleção uruguaia. Vamos ficar bem fragilizados em tempos de eliminatórias e amistosos.

Victorino foi um dos zagueiros mais cobiçados em 2010 quando teve ótimas atuações jogando na La U, mas no Cruzeiro não esteve bem, como praticamente o time inteiro, quem sabe com mudanças de ares volte a apresentar seu bom futebol.

Mas o time, se resolve o problema da defesa, terá sérias dificuldades em seu meio campo. Botinelli apesar da irregularidade, era o único que de fato pode ser chamado de armador nesse elenco, apesar de que vinha jogando mais como um terceiro volante que um meia. Ainda tem o Camacho, mas é pouco.

É fato que vai precisar contratar um meia e torço para que seja um jogador indiscutível. Até porquê corre-se o risco do Joel Santana imaginar que Ibson ou Kléberson pode ser este jogador.

2 comentários:

Robson disse...

A diretoria qureria se livrar do salário do alex Silva de qualquer jeito, pois ele não queria jogar com medinho da torcida, e os próprios jogadores não o queriam no grupo. Como empréstimo do Botinelli pelo Victorino, tudo bem, mas trocar em definitivo é complicado, um jogador bem mais novo, que pode ser revendido por um zagueiro que falhou demais nas semifinais entre cruzeiro e america, sendo eliminado fazendo até gol contra. A preocupação é quem vai ser o meia de criação: Ibson, Renato, Klebeson ? Pelo visto Joel vai armar o esquema de 2007, de muita força na marcação atacando rápido em contra ataques. A esperança é a chegada do Renato Augusto, pois se vir é um grande reforço, apesar do longo periodo lesionado. Ronaldinho não pode ser armador, tem mais é que aceitar a proposta chinesa e ir embora ganhar seus milhões por lá.

André Amaral disse...

Não foi em definitivo, Robson. Se a negociação for concretizada, em dezembro o Botinelli volta.