segunda-feira, 9 de maio de 2016

NBB 2015/2016 - Semifinal - 3º jogo: Flamengo 77 x 83 Mogi


O Flamengo não resistiu aos seus próprios erros e ao péssimo aproveitamento nos lances livres e perdeu para o Mogi, jogando em pleno Tijuca, por 83 x 77 e agora terá que vencer fora de casa no sábado para levar a série semifinal para o quinto jogo no Rio de Janeiro.

Avaliar apenas por números pode ser mascarar uma série de motivos pela derrota, mas novamente o Flamengo teve um aproveitamento horrível nos lances livres. Foram 11 erros: 19/30. Exatamente o mesmo número de erros na derrota para o Bauru no Final Four da Liga das Américas: 13/24.

Um time que vinha tendo como ponto forte o jogo coletivo, hoje viu seus armadores apagados, Robinson e Marcelinho, que deveriam auxiliar o Marquinhos, em uma noite pífia, e apenas Mineiro e Olivinha com uma atuação satisfatória.

Que escolha terrível o Robinson. Não infiltra, não é certeiro nos tiros, razoável na marcação, não se impõe. Nem parece um americano. Quatro pontos em uma semifinal é decepcionante.

Marquinhos foi o cestinha com 25 pontos, ficou sobrecarregado e perdeu uma bola que foi decisiva para a derrota. Mineiro se destacou com 17 pontos, mas também perdeu algumas cestas fáceis, e Olivinha também anotou 17 pontos. Apesar disso, não dá pra reclamar destes três.


O JOGO

O Flamengo começou na frente, com bolas de três de Marquinhos e Olivinha para fazer 9 x 6, mas depois só deu Mogi que, com ótimo aproveitamento ofensivo, chegou aos 60%, virou a partida para 15 x 9, aproveitando dos cinco erros Rubro Negro com cinco minutos de partida.

Neto pediu tempo, rodou com todo o banco, mas mesmo assim a equipe paulista seguia melhor e matou uma bola no estouro para fazer 24 x 13.

O segundo período começou com as duas equipes amassando o aro. O Flamengo mesmo com um péssimo aproveitamento nas bolas de três, insistia nesta jogada.

Marquinhos voltou do banco e o Flamengo finalmente se acertou no ataque, abriu 10 x 2 para fazer 26 x 23 no placar com uma bola de três de Marcelinho, seus primeiros pontos no jogo.

O Mogi parou a partida. Na volta, Jimmy matou de três, Luz perdeu dois lances e viu o adversário fechar o primeiro tempo com 37 x 31 no placar.

O terceiro quarto foi todo de Olivinha e Marquinhos. Com duas bolas de três seguidas o ala Rubro Negro finalmente colocou o Flamengo na liderança do placar: 43 x 41.

A partida seguia equilibrada e o Flamengo terminou na frente graças a um rebote e uma cesta de Olivinha: 62 x 61.

No quarto final o Flamengo abriu 5 x 2, provocou três faltas rápidas do Mogi e viu Gerson ficar pendurado com quatro faltas: 67 x 63.

Com 75 x 75 Marquinhos perdeu uma bola preciosa. E o Flamengo não se encontrou depois disso. Com uma bola de três de Lucas Mariano o Mogi abriu 80 x 76 faltando menos de um minuto e venceu com merecimento: 83 x 77.

Agora só resta ao Flamengo vencer fora de casa para ainda continuar sonhando com o quarto título seguido.

22 comentários:

Barreto disse...

O Flamengo não entrouem quadra nesta série e só ganhou o 2º jogo porque o Mogi ficou atordoado coma peda do Larry Taylor. Enquanto o mogi subiu de produção em relação aos plaoffs de quarta, o flamengo caiu vertiginosamente. Não vou culpar o José Neto porque alguns desempenhos individuasis foram abaixo da crítica. Ronald Ramon que vinha sendo apenas discreto durante a competição teve desempenho ainda pior. Jason Robison que foi discreto na maioria dos jogos e ruim em outros conseguiu ser pior ainda durante os playoffs de quarta e da semi. O mogi pelo menos atualmente vem mostrando ser um time mais azeitado e dificilmente perderá esta série.

Não entendi poprque neste jogo o José Neto insistiu com Rafael Mineiro jogando como pivÔ deixando o JP fora a maior parte do tempo. Jp vinha sendo depois do Marquinhos o jogador mais regular. Ronald Ramon de armador é uma piada.

Barreto disse...

André

Concordo com você e dou a minha mão a palmatória com relação ao Jason Robison, jogador que defendi muito no inicio da temporada. Seja lá por que motivo for Robison foi uma peça decorativa em quase toda a temporada e mostrou que não tem padrão para jogar no Flamengo. Realmente os fatos e dados mostram que foi uma péssima escolha. Outra escolha infeliz foi Ramon, mas no seu caso não tive nenhuma surpresa. É um jogador muito limitado, principalmente na armação e nem mesmo nos tiros de 3 pontos foi consistente. As contratações de Rafaeel Mineiro e Rafa Luz foram razoáveis, mas não entendo porque este último joga tão pouco. A melhor contratação na minha opinião foi JP Batista. Só posso entender a sua ausência prolongada neste jogo por motivo de contusão.

Joanilson Silva disse...

É infelizmente não podemos ter um americano com media de menos de 10 pontos num playoff, será q pode ser adaptação, primeiro ano...

Não tenho visto o Rafa jogar essa bola toda, mas definitivamente o grande problema dele é a total falta de confiança do Neto nele, pois em todos os jogos decisivos no ultimo quarto o Luz esta no banco. Neto ficou mal acostumado com o Laprovitta e não conta com o Luz para ajustar o time.

JP, não acho ele ruim, mas tem horas q é tão sem vontade, no jogo passado Wagner fez o q quis pra cima dele, nesse jogo ele realmente jogou pouco, mas acho impressionante como um cara do tamanho dele e com o corpo q tem perder alguns rebotes, acho q falta mais vontade, estar mais ligado, lutar como se fosse o ultimo copo d'agua.

Esperava q esse fosse o ultimo ano do Marcelinho, mas olhando para o Jason, tenho certeza q ele tem pelo menos mais 1 ano, pois tem pontuado e consegue dar muito mais assistencias q o Jason.

Alem da perdida de bola do Marquinhos, teve 2 erros do Meyinsse q tbm custaram muito caro.

Ainda estou muito confiante no time, pois ontem a bola não caiu, mas sabemos o potencial dos nossos Alas e podemos sim vencer lá e aqui.

Antônio Neto disse...

Eu tenho a impressão que mais de 90% do jogadores do elenco estão jogando muito abaixo daquilo que podem ou pelo menos daquilo que os torcedores esperam deles. Aliás a perfomance de alguns é tão fraca que você se pergunta se algum deles conseguiriam jogar em um time mediano como o Pinheiros ou o basquete cearense.

Sinceramente pelo que vi dessa temporada, eu garantiria uma renovação de contrato apenas para o Marquinhos e o Marcelinho (com alguns ajustes). Todos os outros eu sondaria o mercado antes.

Cadu Rollo disse...

O time está muito mal e não é de hoje.

Infelizmente estamos nos encaminhando pra temporada mais decepcionante dos últimos anos. As contratações não encaixaram e o time esteve longe de ter aquela garra de outros anos, uma pena.

Que sirva de lição, e que o trabalho de bastidores já comece a ser feito desde já pensando na próxima temporada (que se parar na semifinal, nem Liga das Américas garante, teria que jogar Sulamericana).

Mas ainda não acabou, vamos torcer. Só que se quiser realmente reverter a situação, muita coisa terá de mudar.

Abraços.

Anônimo disse...

#SRN
André já estava com saudades de escrever por aqui... rs
Garanto que o Barreto não estava com tantas saudades de mim (brincadeira Barreto).
Hoje infelizmente, assistindo a vários jogos em seguida do time, ficou nítido o que já vinha comentando desde o início da temporada, temos um ótimo elenco, mas não temos um time, não deu liga, não funcionou e o Neto não conseguiu dar o padrão que ele queria, ele montou o time, imaginou uma coisa, mas infelizmente aconteceu outra, faz parte, acontece e temos que entender e aceitar.
Nem sempre podemos ganhar sempre, o importante é aprender com os erros.
Mas esse time não tem algo que precisa pra ser campeão, VONTADE.
Mas não vou mais ficar falando sobre isso, afinal, passei a temporada inteira batendo nessa tecla e nada mudou (como se a minha opinião fosse mudar algo).
Concordo qdo dizem que a diretoria tem que começar a agir agora na montagem do novo elenco, discordo qdo falaram que apenas o Marquinhos e o Marcelinho devam ficar, não acredito nisso, colocaria o Olivinha, o Grandrão do Açai e talvez o Mineiro.
Os únicos com disposição nesse time e claro o Danielzinho e o Mingal e talvez o Gegê (#SQN).
Nossos armadores foram pífios, o nosso americano idolatrado no início da temporada mostrou que veio apenas a passeio para o Brasil. Pode até jogar mais do que isso, e até acho que jogue, mas no Flamengo não conseguiu.
Não jogo a toalha, acho que se o time jogar o que não fez o ano todo, pode até virar a série, porém acho pouco provável, não pela qualidade, mais sim pela disposição dos jogadores.
Não vou falar individualmente de cada jogador (como já não fiz em posts passados), se não, seria covardia da minha parte, são trabalhadores e merecem os nossos respeitos.
Mas acho que a diretoria pode já começar a pensar em novos nomes, pelo menos 5 ou 6 para a temporada que vem.
Sem precisa ir buscar fora... se for... trás apenas armadores... temos muitos jogadores bons no Brasil... não precisa gastar tanto como o elenco atual... pode fazer um ótimo time começando cedo.
Se não estou errado, Shammell, Alex, Tyrone estão ficam sem contrato no final da temporada, tem varios outros por ai, até mesmo de equipes menores.
Já percebeu que medalhões no basquete da tão certo como no futebol... #SQN
Abraços a todos e foi um prazer voltar...
Pena que talvez a temporada termine no sábado... espero que não!

Anônimo disse...

Rafael Luz, pelas qualidades defensivas, pode ser muito bom na posição 2. Mas de armador principal deixa muito a desejar.
Robinson realmente foi uma aposta errada. Muito errada!!
Gegê não agrega. Até o fraco Vitinho jogou mais do que ele ontem.
JP e Mineiro também produzem bem menos do que se esperaria de reforços padrão Seleção Brasileira.
Marcelinho 40 anos...
E talvez já seja hora de renovar também o José Neto... Dedé Barbosa seria um bom substituto...
Abs. Marcel Pereira

Barreto disse...

Fico a vontade para falar do elenco para a próxima temporada porque a minha opinião não mudar em nada mesmo que o Flamengo venca este NBB.
Acho que estamos bem servidos de pivôs e alas-pivôts, muito emboara seja notóriaa queda de rendimento do Jerome neste fim de temporada. Eu ficaria com este jogadores a não ser que fosse para contratar jogadores de outro patamamar como por exemplo Augusto lima,Faverani e Wilkins que jogou a última liga das américas pelo time venezuelano que foi campeão..
Estes jogadores se juntariam ao Marquinhos,com mais um ano de contrato, para a próxima temporada.
Embora seja uma decisão difícil pelo que ele representa na história do clube, não acho que contrato do Marcelinho deva ser renovad , muito embora reconheça que ele fez alguns bons jogos nesta temporada, assim como o contrato dos demais jogadores do elenco atual. Os cinco jogadores a serem contratados seriam 2 armadaores (um para ser titular e outro para a rotação), dois alas-armadores (um para ser titular e outro para a rotação) e mais um ala para a posição do Marquinhos. Acho que a maioria destes jogadores poderia ser recrutada no mercado interno. Jogador estrangeiro tem que ser para fazer a diferença.
Quanto ao técnico ainda não tenho opinião formada.

Abração

Roberto Silva disse...

Flamengo continua dependendo do Marcelinho. Quando ele joga bem, fla vai bem. Quando joga mal, fla vai mal...

Rafa Luz - Falta confiança. Errou 3 lances logo no início do jogo ontem, inclusive passes (que seriam o forte dele).
Gegê - Reserva mediano.
Robinson - Decepção total. Totalmente abaixo do esperado.
Ramon - Bom reserva. Não acho ele ruim.
Marcelinho - Precisamos dele. Experiente, e ainda tem qualidade.
Marquinhos - Já esteve melhor, mas ainda tem vaga garantida.
Olivinha - É a raça do flamengo, deve continuar.
Mineiro - Esperava mais, erra muita bola fácil.
JP Batista - Tem dia que não acerta nada. Mas é um bom jogador. Esperava mais também.
Meyinsse - Caiu muito de rendimento. Pelo tamanho e histórico deveria jogar bem melhor. Apenas 1 ponto no último jogo!

Esse time, ao contrário dos anteriores, não cresce nos momentos decisivos. Pelo contrário, pipoca.

E José Neto, bota essa galera pra treinar LANCE LIVRE!!!

Diretoria já pode começar a pensar em reforços. Time decepcionou essa temporada. Continuamos na elite, mas caímos de rendimento.

Barreto disse...

Acho que na próxima temporada o Fla terá mais dificuldades financeiras. A maior parcela deboatrocinio atualmente vem de patronio incentivado via ICMS estadual. Como o estado está falido acho provavelque este patrocínio não será mantido. Como a arena não sai fica difícil implementar o sócio torcedor para o basquete.

Antônio Neto disse...

Barreto, eu não sei se isso deve acontecer, mas se sua previsão estiver certa pode ter certeza que acabou a nossa hegemonia no basquete brasileiro, vamos passar a ser um time em decadência como o Franca.

Sempre falei na importância de achar outras forma de receita, mas infelizmente parece que o Flamengo está a dois anos sem evoluir em basicamente nada na parte de gestão administrativa e organizacional.

Barreto disse...

Antonio Neto

Você tem razão , mas mesmo trabalhando certo na parte de gestão será dificil conseguir patrocínio no cenário atual. A tendência é que todos os times percam patrocínio, se o cenário não mudar, e aí a situação ficará ruim para todo mundo. Não vejo o Flamengo perdemdo hegemonia por isso, porque a dificuldade é geral. O flamengo ainda é o time de basquete que tem a melhor gestão e não depende de nenhum mecenato, mas precisa realmente melhorar.

Antônio Neto disse...

Barreto, a crise seria geral mesmo, mas não dá pra confiar na racionalidade desses times de prefeitura. De qualquer forma, com hegemonia ou não, o Flamengo deve buscar o aperfeiçoamento de sua gestão sempre.

Fugindo um pouco do tópico, você assistiu alguma partida do Luca Vildoza nessa temporada? Tem algum outro armador argentino despontando? Pergunto isso pois se não me engano você já falou aqui que acompanha e bem o basquete argentino.

Marcelo disse...

Realmente, muitos jogadores estão produzindo abaixo de suas capacidades. Isso normalmente é um problema da comissão técnica. Mas não sei se seria o caso de troca para a próxima temporada.
Mas ainda acho que esse time tem um grande potencial. Eu trocaria apenas dois jogadores: Gegê e Robinson. Para a vaga do Gegê, vejo boas opções de armadores jovens e que têm muito potencial, como o Deryk, do Brasília, e o Davi, do Basquete Cearense. Tenho a impressão de que qq um dos dois iria terminar a próxima temporada com mais minutos e mais importância que o Luz. O próprio Ramon já vem tendo mais tempo na armação do que o Luz e o Gegê. Para o lugar do Robinson, tb acho que há boas opções no mercado nacional, sem necessidade de trazer um jogador estrangeiro. Muitas saudades do Benite do Nico...

Carlos Maio disse...

O Flamengo foi o primeiro na fase de classificação, mas o time não joga nada???

Acho que vocês têm memória curta. rsrsrs.

Vamos buscar essa vitória em Mogi time!!!

Antônio Neto disse...

Um vídeo recente que achei do armador Luca Vildoza. A capacidade de drible e finta lembra muito o do Laprovittola

https://www.youtube.com/watch?v=jP1TdbeWzS8

Aqui uma entrevista a um diário esportivo argentino. Segundo essa matéria o jogador já está sendo seguido por algumas franquias americanas e também pelo Baskonia da ACB.

http://lgdeportiva.lagaceta.com.ar/nota/680082/deportes/luca-vildoza-suena-estar-juegos-olimpicos-rio.html

Enfim, é bom o Flamengo ficar de olho nesse jogador, quem sabe ele não pode ser um novo Laprovittola ou até mesmo melhor.

Barreto disse...

Antonio Neto

Você me perguntou sobre o Vidoza. Vi 3 jogos dele nesta última temporada, nos quais se saiu muito bem, inclusive em um deles feZ duplo duplo 19 pontos e 10 assistências. Sua média de pontos no campeonato foi 13 por jogo. Pontua bem mas além disso tem todas as características do armador clássico que coloca a bola de baixo do braço, faz o time jogar e sabe alternar a cadência do jogo . A imprensa argentina aposta que será um jogador mais completo do que o Campazzo e o Nico. Pelo pouco que vi pelo menos posso arriscar em dizer que aos 20 anos o Nico era bem inferior ao que ele já apresenta hoje. Já faz tempo que venho falando que a contratação deste jogador deveria ser tentada pelo Flamengo.

Antônio Neto disse...

Barreto, outro que falam maravilhas é o Nicolás Brussino, escolta do Penãrol e um dos destaques dessa temporada da liga nacional. Já pensou Luca Vildoza, Brussino, Marquinhos, Rafa Mineiro/Olivinha e JP Batista/Meyinsse. Fica aí a dica para o Póvoa rsrs

Barreto disse...

Antonio Neto

Já ouvi bons comentários sobre Brussino mas nunca o vi jogar.

Ruy Moura disse...

Obrigado Marcelinho!

Alessandro Ferinha disse...

E agora oque temos a dizer, não podemos analisar o Flamengo por um jogo, um playoff, mesmo se perder o quinto jogo ou a final! Vamos rumo ao título!

Alessandro Ferinha disse...

Temos que entender que não somos imbatíveis, e outros times estão cada dia se reforçando mais e mais!!! SRN