quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

NBB 2015/2016: Flamengo 66 x 67 Basquete Cearense


O Flamengo repetiu o roteiro dos últimos jogos. Fez um primeiro tempo fraco e venceu por apenas 32 x 31, o problema é que desta vez não conseguiu deslanchar no segundo tempo e perdeu pela primeira vez na história do NBB para o Basquete Cearense: 67 x 66.

E chegou a abrir 66 x 60 no minuto final, entretanto conseguiu levar 7 x 0 e perdeu uma invencibilidade de dez jogos pela Liga.

Depois de vencer o Brasília, a equipe de Alberto Bial vence outro favorito e já está entre os quatro melhores. São incríveis nove vitórias nos últimos dez jogos. Duda foi o cestinha do confronto contra seu ex-clube com 23 pontos.

Já o Flamengo teve um aproveitamento de apenas 38,6% no ataque. A defesa segue forte, mas o então poderoso ataque que beirava os cem pontos, hoje tem média de apenas 70 nas últimas cinco partidas.

As vitórias podem mascarar os péssimos primeiros tempos e a baixa força ofensiva. Torcemos para que essa derrota à beira da fase semifinal da Liga das Américas sirva de aprendizado. 

3 comentários:

Barreto disse...

O Flamengo estava com o jogo na mão, faltando pouco mais de 1 minuto, e deveria ter ganho o jogo mesmo jogando mal ofensivamente, como tem acontecido recentemente. O nosso treinador muitas vezes não consegue ler o jogo corretamente. O time estava mal ofensivamente e por este motivo, quando abriu os 6 póntos de vantagem, dveria ter pedido um tempo para orientar o time no final para aumentar a posse de bola e gastar o tempo. Maqruinhos errou uma bandeja incrível na última bola. Aliás não tenho registro de outra partida tão ruim do Marquinhos. O único jogador que fez boa partida foi o Robinson, os demais jogaram bem abaixo do nornmal.É indiscutível a queda de rendimento ofensivo do Olivinha após o seu retorno de contusão, principalmente nos arremessos de 3 pontos em que tinha um bom aproveitamento.

josecarlosf84 disse...

Concordo com o Barreto e ainda acrescento mais: o que está havendo com o Ramon no Flamengo? é certo que o cara ainda tá fora de ritmo (não jogava desde Maio de 2015), mas já vinha tendo boas atuações (na LDA atuou muito bem) e no jogo contra o Cearense estava jogando bem, dando rapidez na transição da equipe e opções de ataque. Mas ai o que o Neto faz? inexplicavelmente põe o limitado Gegê para jogar 26 minutos e Ramon apenas 10 minutos. Tudo bem que Ramon é ala-armador, mas já desempenhou a função de armador na seleção dominicana e no Limeira. E cá entre nós, entre Gegê e Ramon improvisado, eu (e toda torcida do Flamengo rsrs) prefiro o Ramon improvisado.

Quanto ao Olivinha, além de estar bem abaixo do que pode render, ele tem que parar com aqueles malabarismos malucos no ataque. Faz o simples, vai pra bandeja, ou procura a falta.... aquilo de ficar igual um polvo, querendo arremessar de costas, por trás da cesta não ta dando certo.

De resto é acertar o time pros playoffs do NBB e pra LDA, perdeu quando podia perder e agora que sirva de aprendizado.

Edu Fla Sempre disse...

Barreto e JoseCarlos, errar agora para acertar nos momentos importantes.

Além disso, Alberto Bial e Duda são muito queridos. O primeiro pelo amor e garra que sempre teve pelo esporte, demonstra isso há décadas, e o segundo por ter ganho dois brasileiros conosco, tendo sido decisivo no segundo título quando veio do banco e mudou o jogo.

Parabéns Alberto Bial, valeu pelos títulos Duda!!!

José Neto e grupo, parabéns pelo ótimo ano até aqui!!! Estamos juntos!!! Vamos em busca dos nossos objetivos!!!