segunda-feira, 4 de julho de 2016

Brasileirão 2016: Corinthians 4 x 0 Flamengo


O Flamengo apresentou na tarde deste domingo um resumo do que tem sido os últimos jogos sob o comando do Zé Ricardo: organização tática, time bem postado, mas incapacidade absurda na hora da finalização.

Erros que custam caro e minam qualquer bom trabalhado do treinador. Da mesma forma que contra o Fluminense o time dominou amplamente na etapa inicial, impediu os donos da casa de chegarem ao ataque, mas perdeu gols preciosos, desta vez o time novamente foi superior ao Corinthians, criou chances, mas o placar zerado virou castigo no segundo tempo.

O 4 x 0 não deixa espaço para discussão. O Corinthians fez o primeiro e atropelou. O Flamengo desmontou e se entregou. Reparem no segundo gol, o displicente passe do Jorge para o Márcio Araújo, que se esconde, como sempre, atrás dos atacantes corintianos.

A equipe nesta campeonato saiu atrás do placar recentemente em três situações: Ponte Preta, São Paulo e Fluminense, e em nenhuma dessas se desesperou ou desmontou, sempre conseguiu o gol.

Tudo sob o olhar do Jayme de Almeida, que não esboçou qualquer reação. Auxiliar técnico não é figura decorativa, precisa comungar da forma de ver o jogo com o treinador, mas este continua como um eterno interino. O Flamengo paga o preço pela condescendência.

Entretanto, qualquer um que não tenha má fé não pode deixar de falar da vergonhosa arbitragem do Héber Roberto Lopes. Foi absurda a não expulsão após a falta criminosa no Ederson. Depois a expulsão do Zé Ricardo com a justificava de que desaprovava com gestos pertinentes suas decisões, leia aqui.

O Corinthians jogaria com um a menos a partir dos 40 minutos do primeiro tempo.

Esses foram os erros visíveis. As faltinhas invertidas, os cartões ignorados são os erros dentro do jogo que poucos percebem, mas irritam e desequilibram os atletas.

É chato falar, mas é necessário para servir de alerta: no jogo passado o Corinthians teve um pênalti absurdo assinalado, após seu atacante tocar com a mão na bola. Agora, essa vergonha. E se ninguém fala, vamos falar: o Flamengo não teve um pênalti marcado contra o Inter, após o toque de mão em cruzamento do Jorge e, pelo segundo jogo seguido, foi prejudicado. Falhas que se fossem nas últimas rodadas seriam lembradas, e não ignoradas.

Tudo isso tendo o Bandeira de Mello como aliado da CBF e o adversário "rompido". Que o presidente agora vá protestar com seus novos amigos!

Voltando ao campo, outra vez Allan Patrick teve a chance de definir. Nos últimos quatro jogos, sempre que o Flamengo precisou dele, falhou: pênalti contra o São Paulo, gols perdidos contra o Fluminense, gol perdido contra o Inter e novamente neste domingo.

Já dissemos aqui após o Fla x Flu: é bom jogador, mas nunca foi o craque esperado justamente por essas falhas.

Se a contratação de um zagueiro era visto com urgência semanas atrás, hoje continua importante, mas se for gastar tudo no zagueiro e não reforçar com um meia e um atacante de peso e que decidam uma partida, o Rubro Negro não vai longe neste campeonato.

No campeonato, a equipe é uma das que mais finaliza errada e que menos marcou gols. É preciso ter jogadores que definam os jogos dominados.

6 comentários:

Joanilson Silva disse...

Acho q dificilmente vem um atacante, pois vindo seria mais uma prova da total incapacidade da diretoria, pois para o ataque alem do Guerrero temos Fernandinho, Sheik, Everton, Gabriel e Cirino.

Ainda acho q essa historia da diretoria ser boa financeiramente para o clube é balela, pois jogar tanto dinheiro fora com os salarios dos sitados, e podemos incluir ainda o MA nessa lista não é ser boa financeira, talvez uma outra diretoria q resolvesse pagar as contas q não é favor e contratasse certo seria melhor.

O Vanderlei estava certo, eles não entendem nada de futebol, jogam dinheiro fora com um grande prazer e não conseguem acertar no tecnico, pois tenho certeza q rezam todos os dias para o ZR ganhar e eles poderem efetivar e não contratar ninguem.

O planejamento do Flamengo foi em cima do Muricy e deu errado, deram "sorte" do problema de saude para poder afastar o cara e agora não sabem mais o q fazer para organizar o time.

Os 2 laterais como provaveis desfalques para os proximos jogos e na reserva temos Para e talvez o Chiquinho.

O Vaz q não queria a contratação pelo salario pago e vem jogando bem, pelo menos alguns dizem isso é mais uma prova de sorte e falta de planejamento o mesmo caso é o Rever, pois o cara estava encostado no Inter e assumimos 100% do salario dele, enquanto o Inter pegou um do palmeiras pagando somente parte do salario.

Não tenho mais visto os jogos, mas torço muito pelos 47 pontos.

João Paulo disse...

Show de administração financeira pra que? O Flamengo é banco ou clube de Futebol? Uma coisa incrível é que o Bandeira de Melo até hoje, depois de três anos e meio ele ainda não sabe o que é ser ajudado pelo futebol, pelo sucesso do futebol. Se com o fracasso em campo ele conseguiu aumentar tanto as receitas, imaginem se o futebol acompanhasse o mesmo sucesso financeiro. Muito mais sócios, mais vendas da Adidas, paperviews, licenciamentos, bilheteria etc. Contudo, ele em três meses e meio de mandato ainda não sabe o que significa ser ajudado pelo futebol, muito pelo contrário.

PAULO disse...


E Realmente eu não sei o que acontece , o flamengo não esta ainda bem no futebol e além de tudo parece não ter sorte .

a diretoria tentou foi no mercado contratou o Rodrigo Caetano ( que tinha nome no mercado), mas não esta dando certo , são uma série de equívocos , jogadores contratados errados , logística mal elaborada , falta de estádio... GostO do Bandeira e dessa diretoria , o ideal seria que todos se unissem em prol do flamengo, uma pena ... ( PRECISAMOS FAZER UM ESTÁDIO PRÓPRIO COM BOA LOCALIZAÇÃO E DE FÁCIL ACESSO , SE NÃO FICAREMOS PARA TRAS DOS GRANDES CLUBES DE SÃO PAULO , MG E SUL, ESTAMOS DEIXANDO DE SER PROTOGONISTAS PARA VIRAR FIGURANTES).







Anônimo disse...

Concordo com o Paulo acima.
Como é que um clube de futebol que se preze, não tem um estádio pra jogar uma partida de futebol? E detesto essa conversa que o Maracanã é a casa do Flamengo, o Maracanã não é propriedade do Flamengo.

Luiz Filho disse...

Sua análise é perfeita, André!
Nada a acrescentar.

Marcelo disse...

Paulo,
você não sabe o que acontece no futebol do Flamengo?

Deixa eu tentar te explicar.

Fato: nos últimos dois anos o Flamengo contratou vários bons jogadores, alguns ótimos. Nos dois últimos anos o Corínthians vendeu todos os seus bons jogadores, ficou com o que sobrou.

O Flamengo contratou do Corínthians ano passado os seus dois melhores atacantes: Guerrero e Sheik. Guerrero considerado na época o melhor atacante das Américas. O Corínthians foi campeão brasileiro no ano passado. E o Flamengo foi lá para o meio da tabela com um atacante do nosso time postando foto com camisa do Corínthians na internet.

Esse ano, a bagunça continua, tomamos de 4 do que sobrou do Corínthians com o Cristovão de técnido deles. Sabe como é, né? Tem quem goste, e não aprenda. Eu não gosto. Não aceito.

Crise = Oportunidade.

O problema não está nos jogadores, nem no técnico. Está no comando.

Quem comanda o futebol do Flamengo hoje não manda nada, não tem firmeza para assumir o controle e acabar com a bagunça: Flavio Godinho.

Na "liderança" do nosso grupo de jogadores temos Emerson "Vai Timão" Sheik. Isso eu vi no twitter dele. E nos favoritos dele não há nenhum colega, jogador do Flamengo. São todos jogadores, ex-companheiros do Corínthians.

Onde já se viu uma liderança assim??? No Flamengo, claro, sem comando, bagunçado, esculhambado.

Pode contratar 500 jogadores. Enquanto não houver comando sobre o grupo, o time não vai estar totalmente focado. Se um pode esculhambar, os outros ficam chateados.

O cara ganha R$ 300 mil por mês, uma fortuna, e nas redes sociais não posta camisa do Clube que paga os seus salários e ainda torce pelo concorrente? Isso é o futebol do Flamengo hoje, sem comando, sem dono.

Eu peço à diretoria a rescisão, sem ônus, essa semana. Vamos parar de jogar dinheiro no lixo! Mais seis meses, serão mais R$ 1,8 milhão desperdiçados. Ele tem mercado. Não precisa de multa.

Não tenho nada contra o Sheik, ele nos ajudou quando chegou no ano passado. Mas, ajudou pouco e hoje não faz mais nada. O salário que ele recebe é pelo que ele deveria fazer hoje. E não por feitos passados.

Mais uma coisa diretoria: Jayme de Almeida técnico no profissional do Flamengo, com aquela atitude? Vamos buscar a excelência. Parem de colocar os "amigos", os "gente boa" no futebol do Flamengo. Coloquem gente séria, comprometida, dinâmica, motivada, feliz, CAPAZ!!!!!

Chega de brincarem de administrar o futebol do Flamengo!!!

São três anos de incompetência, humilhações, esculhambação com salários em dia e cada vez mais jogadores contratados.

Não aprenderam ainda que os errados são vocês, PORRA!!!

Tenham humildade para reconhecerem isso!!! Gente capaz, firme e comprometida é o que queremos no futebol do Flamengo!!! Gente que faz o simples, que coloca ordem nas coisas.

É isso.