domingo, 17 de janeiro de 2016

NBB 2015/2016 - Flamengo 83 x 73 Franca


Depois da aula de quarta-feira contra o Bauru, o Flamengo não repetiu a exuberante atuação - o que é normal, mas venceu Franca, no Tijuca novamente lotado, por 83 x 73.

Foi a sétima vitória seguida e a liderança garantida, graças a derrota do Paulistano para o Rio Claro. Este, aliás, será o próximo adversário do Flamengo, na quarta-feira, às 20h, fora de casa.

Todos os dez atletas adultos pontuaram, porém o número de assistências foi abaixo da média da equipe no campeonato. Foram 11 neste sábado.

JP Batista com 16 pontos e 9 rebotes dominou completamente o garrafão. Meyinsse fez outro bom jogo e foi o segundo mais eficiente, com 13 pontos e 3 rebotes.

Destaque para a enterrada do Rafael Luz que fez o ginásio explodir logo no começo da partida. Na quarta-feira, após uma interceptação, vibrou muito com a torcida. O armador aos poucos vai entrando no clima Rubro Negro.


O JOGO

Com Marquinhos de titular, o Flamengo começou alucinante, abriu 15 x 8 e forçou Lula Ferreira a paralisar o jogo. Franca equilibrou, cortou a diferença, entretanto Marcelinho entrou no minuto final e matou uma bola de três para colocar 24 x 20 no placar.

Assim contra o Bauru, o "quinteto reserva" entrou foi responsável pela maior vantagem até então do Flamengo na partida. Franca errava demais no ataque e os times foram pro intervalo com 45 x 34 para a equipe Rubro Negra.

A volta pro segundo tempo foi demolidora. Com uma corrida de 14 x 06 o Flamengo abriu 57 x 40. Franca novamente se reequilibrou a cortou a diferença: 64 x 53.

O quarto final a vantagem chegou a ser de 77 x 64, depois 80 x 66. O time administrou bem o final, aliviou na defesa e fechou a partida em 83 x 73.

15 comentários:

Batreto disse...

Se o Flamengo não estivesse marcando no nível atual talvez tivesse complicado este jogo, porque não fez uma boa partida e teve muitos erros. Impressionante a segurança e a categoria com que joga JP Batista. Na minha visão é o melhor pivô da competição.

Joanilson Silva disse...

O JP tem um arremesso muito bom, gostei Tbm dele.

O q me chamou atenção no jogo foi o péssimo trabalho da arbitragem q coisa bisonha.

Q bom ter a RedeTV transmitindo os jogos, mas uma chance de ver o Mengão, mas pelo amor de Deus o q é aquela narrador o cara entende menos de basquete q eu.

Quarta tem internet, mas uma chance de ver o jogo é precisamos de uma exibição como contra o Bauru.

É o vídeo de propaganda da nova camisa em.....

Anônimo disse...

Achei o vídeo da camisa absolutamente normal. Muito ibope para nada.

Joanilson Silva disse...

Não acho normal alterar o nome do Flamengo para Framengo, será q a Adidas lançaria um video com o no aRdidas? Ou o Florminense ou Vice da Gama ou Bostafogo?

Se os rivais fazem isso para denegrir a nossa imagem td bem, mas somos nos rubro-negros e não vejo como legal ou normal a própria instituição utilizar isso.

Anônimo disse...

#SRN
Tb não vejo o pq desse alarde todo referente ao vídeo, porém, em termos de mkt o patrocinador está conseguindo o que queria, chama a atenção.
Em relação ao time, houve uma melhora significante de alguns jogadores com a contratação do Ramon, e o principal, o Flamengo está com um elenco muito forte, e está fazendo essa diferença na rotação, principalmente qdo começa o 2º quarto, enquanto os "titulares" do time adversário vão descansar e os reservas começam a entrar, os "reservas" do Flamengo qdo entram mantem o mesmo nível ou mais forte do que os "titulares" e é o que está fazendo a diferença para o Flamengo, os "reservas" são muito superior aos "reservas" dos adversários.
Acredito que o Flamengo está mudando o basquete brasileiro, para o lado bom ou ruim (isso depende da interpretação de cada um), pois os times terão que melhorar o seu elenco para manter o padrão de jogo alto para jogar qdo um plantel como o que o Flamengo tem hj, se não, vai ser título em cima de títulos. (eu particularmente acho que a tendência é que o nível do basquete brasileiro aumente, com a vinda de mais estrangeiros bons). Um telespectador durante o jogo colocou uma afirmação, que para o Flamengo se transformar em um Dream Time brasileiro só precisaria contratar o Shammell e o Alex Garcia, eu concordo com ele, e hj na atual situação, não seria muito difícil fazer isso para a próxima temporada.
Hoje (sem querer fazer comparações - apenas usando como exemplo), para os times do Brasil jogar contra o Flamengo é o mesmo que pegar o Flamengo e jogar contra um time da NBA (estou falando de ritmo de jogo e não de nível de jogadores). O time mantém o mesmo padrão alto com algumas oscilações durante a partida, o que em breve devem diminuir bastante, enquanto os times adversários precisam jogar no seu limite físico e técnico como foi o caso de Franca, quem assistiu ao jogo puderam observar os jogadores de Franca exaustos, enquanto os do Flamengo estavam "apenas" cansados.
Hoje com o atual elenco, o time do Flamengo está alguns degraus acima dos demais (deixo bem claro a minha opinião e a mantenho, isso se deu apenas depois da chegada do homem para a posição 2), o que demonstra que uma peça pode fazer toda a diferença em uma equipe.
Hoje o único adversário capaz de parar o Flamengo é ele mesmo (claro que terá aquele dia que a bola não vai cair, porém serão poucos) e como nos Playoffs serão em 5 jogos, dificilmente um time conseguira jogar todas as partidas em um ritmo alucinante físico e técnico.

Anônimo disse...

Respeito a sua opinião, mas acho que vivemos num caos total E sinceramente, ser Fra ou Fla não vai mudar em nada na minha vida. Vamos botar um pouco de diversão no dia a dia. Estou preocupado com o time em campo.

Jose Carlos disse...

Ao meu ver dificilmente o Flamengo deixa de faturar o NBB, ainda mais com a final em melhor de 5. Me arrisco a dizer que daqui até a final o time permanecerá invicto e com grandes chances de fechar a final em 3 a 0. Quanto a LDA também acho franco-favorito, mas como o Final 4 é em jogo único, surpresas podem acontecer.

O elenco está cada vez mais entrosado. Confesso que no inicio da temporada eu temia que alguns jogadores não rendessem, como no caso de Robinson e Gegê, mas ambos apresentaram uma evolução tão grande no returno que sinceramente esse temor não existe mais. Menção honrosa principalmente ao Robinson, cada vez mais solto em quadra e se apresentando mais pro jogo.

Realmente como o amigo falou acima, o Flamengo hoje é um clube acima da média no Brasil, a capacidade técnica e de gestão do clube é algo muito a frente dos demais. Não há clubes de basquete hoje no Brasil com o nível de profissionalismo do Flamengo.

E isso ao meu ver pode ser prenuncio de uma revolução no basquete nacional, pro bem ou pro mal:

- pro bem: ou as equipes se adequam e buscam alcançar o nível do Flamengo, o que elevará em muito o basquete nacional (opção que acho difícil, tendo em vista que a maioria dos clubes do NBB são administrados de forma praticamente amadora).

- pro mal: ou então a LNB e principalmente os clubes paulistas irão propor um teto salarial ou ranqueamento,ou até os dois. Dificilmente os clubes paulistas aceitarão 15 temporadas sem um título nacional sem fazer uma mudança radical na estrutura do nosso basquete, o que ao meu ver espantará ainda mais os investidores. O pior é que essa opção que pelo que percebo está mais próxima do que se imagina de acontecer.

Vamos ver o que a próxima temporada nos reserva, mas devemos estar atentos.

Anônimo disse...

#SRN
José Carlos, infelizmente concordo com vc, a tendência é que eles montem algo como descrito acima, porém, isso seria um tiro no próprio pé, eles já perceberam que sem uma liga forte o basquete brasileiro não vai pra frente, o basquete no Brasil não tem o mesmo peso ou cobertura da televisão aberta como o vôlei, não tem tantos ídolos e nem uma geração tão promissora, mas isso se deve a uma liga forte (embora hj não esteja tão forte como em anos anteriores), qualquer competição que seja nivelada por baixo não vai pra frente, se o futebol no Brasil não fosse a paixão nacional (embora depois dos 7x1 muita coisa mudou no coração dos brasileiros), não teria a força que tem, o campeonato brasileiro é nivelado por baixo, a muito tempo o basquete brasileiro não tinha a dimensão que tem hj, muito menos o domínio sulamericano, antes o basquete argentino era a "potência do continente", hj o Brasil está a alguns degraus a frente dele. O mesmo vai acontecer no futebol daqui a alguns anos, com essa administração que vem acontecendo, em breve o Flamengo tb vai mandar no futebol brasileiro, hj não existe mais espaços para administrações amadoras, independente do esporte, e aqueles clubes que começarem a mudar a mentalidade serão os que irão sair na frente.
Com todo o respeito ao Bauru, Paulistano, Pinheiros ou outros clubes do NBB, td é business, e business gera $, e ninguém hj no Brasil gera mais $ do que o Manto Sagrado, em qualquer esporte onde seja televisionado, o torcedor flamenguista estará, em público (lotando os ginásios e estádios) ou em casa assistindo.
Até alguns anos atrás apenas os times paulistas mandavam no basquete nacional, hj isso mudou, concordo que o campeonato paulista ainda é o mais disputado, tanto no futebol qto no basquete, porém, hj já não mandam mais, principalmente no basquete.
Se os outros clubes querem parar o Flamengo, que façam isso dentro de quadra, com uma boa administração, um bom elenco e com jogo limpo.
Concordo que é ruim vê apenas um time ganhando (ainda bem que é o meu... rs), porém, se todos trabalharem fortes, em breve o basquete brasileiro terá jogadores de alto nível e seremos a médio e longo prazo tão fortes como a liga europeia. Você só sobe o nível dos seus atletas fazendo com que eles joguem com jogadores de alto nível.

Barreto disse...

Vejam só como nós torcedores somos passionais e fanáticos.

Há menos de 1 mês já houve inclusive aqui neste blog gente dizendo que este time do Flamengo era ruim e que existiam outros elencos melhores. Bastou engrenar uma sequência de vitórias para este time se tornar muito bom Continuo com a opinião que tinha desde o início da temporada , este time tem mais opçoes defensivas e ofensivas do que o time da temporada passada e será ainda melhor do que o time da temporada passada. Não foi a chegada do Ramom que elevou o patamar( ainda não deu tempo de aparecer qualquer influência da sua contaratação) mas sim a subida de produção de alguns jogadores. A qualidade do Robson para mim não é surpresa pois já falava das suas qualidades antes dele estrear ( quase fui execrado aqui pelos meus amigos no blog) . Mas não se enganem, Robson ainda joga muito mais do que está jogando. Não entendo mais de basquete do que ninguem que aqui comparece neste blog, mas acho que é difícil alguem acompanhar o basquete mais do que eu, o que não é vantagem nenhuma, pois sou aposentado e o meu tempo de lazer é dividido entre a música e o basquete. Como diz o nosso companheiro de blog Paulo Jr, Robson é um jogador completo. Se ele ainda não conseguiu mostrar a sua plenitude é somente porque o seu tempo ainda não chegou. Com relação a limitação de uma possível folha salarial diria a todos que nem assim o Flamengo perderá a sua hegemonia porque a competência da sua administração ainda continuará fazendo melhor do que todos os outros. Aguardem uns 3 anos para verem o que ocorrerá com a nossa base. Anotem o. Saudações Rubronegras

Barreto disse...

O comentário anterior ficou cortado no final.

Anotem os nomes de João Vitor ( 17 anos 02:12) e Kayo Gonçalves( 16 anos 02:01)

Paulo Teti disse...

Jose Carlos, concordo com você no que diz respeito ao nosso plantel do basquete . Com a vinda do Ramom, ficamos com um time e rotação muito forte, mas enquanto não termina não podemos celebrar por antecipação..( porém,eu discordo do Neto ,não acho que os jogadores devam ter o mesmo "time" de rotação) O Marquinhos ,por exemplo, deve jogar mais tempo que o Marcelinho e assim por diante ...

Deveríamos aproveitar nosso potencial para investir em esportes coletivos Olímpicos (Basquete , vôlei , futsal, handebol, ) . Com isso, teríamos uma maior exposição e propagação da marca flamengo e aumentaríamos nosso torcida. Porque não tentar parcerias para jogar em cidades do interior.Os times paulistas estão crescendo muito no nordeste... Devemos ficar atentos a esse e criar um departamento comercial / Mkt para captar para os esportes olímpicos. Os departamentos precisam criar ações de ativações que geram experiência , não somente vender espaço publicitário na camisa por milhões.

Humberto Sempre Fla disse...

Gostei muito do JP Batista fera no garrafão!!! Parabéns Olivinha pelos 4000 pontos no NBB!!! Meyinsse pontuou muito bem nesse jogo!!! Gostei muito de ver o Marquinhos acertando todos os lances livres em sequência no segundo tempo, coisa que ele sempre faz. Parabéns Marquinhos!!! Marcelinho foi mais uma vez bem, só não entendo a insistência em passes longos com a defesa adversária montada. Vamos caprichar e encurtar o passe Campeão!!! Valeu!!! A roubada de bola e enterrada lindíssima do Rafa Luz no início do jogo fez até a vovó do 506 do prédio ao lado pular junto com a Nação!!! Obaaaa!!! Robinson mandou suas cestaças de longe!!! Gegê ligado, foi muito bem!!! Rafael Mineiro foi bem nos arremessos curtos!!! Ramon muy bien!!! Vamos Flamengo!!!

Ricardo disse...

Poxa, pensei que o Mengão fosse jogar os dois próximos jogos no Tijuca, na terça e na quinta. Eu tinha lido que iríamos fazer quatro jogos em sequência no Rio. Mas, o próximo jogo é fora contra o Rio Claro. Vençam queridos e voltem logo!!! Já estou sentindo saudades da atmosfera agradável, alegre, feliz, vencedora da torcida e do time no Tijuca!!! Parabéns por mais uma grande vitória!!!

Edu Fla Sempre disse...

Parabéns basquete do Mengão por mais uma vitória!!!

Hoje tem Rio Claro x Flamengo, às 20:00hs, transmissão pela internet.

Vamos Flamengo!!! Vamos manter essa importante liderança no campeonato!!!

Edu Fla Sempre disse...

Acabei de ver o tal "polêmico" clip da nova camisa do Mengão e não achei nada demais, não vi nenhuma humilhação ou vergonha. Sou Flamenguista de coração igual ou mais do que vocês que estão criticando e gostei do vídeo. A diretoria não tem que se desculpar ou dizer que não sabia de nada. O video é bem feito, uma campanha boa. É um exagero ficar ressentido com tal publicidade. Quem fala "Framengo" é um personagem caricato, portanto, não é para levar a sério. É uma brincadeira. Tenho hoje quatro camisas do Mengão. Deu até vontade de comprar mais essa!!! Saudações rubro negras!!!

Valeu Nego do Borel!!! Parabéns pela sua simpatia e sucesso!!! Tamo juntos com o Mengão!!!