segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Ronald Ramón é o novo reforço para o basquete Rubro Negro


Atenção. Daqui a pouco o Flamengo vai anunciar que Ronald Ramon é o mais novo jogador do atual tricampeão brasileiro de basquete.

Atualizado - 20:06. Agora é oficial. O ala armador dominicano Ronald Ramon é o terceiro estrangeiro para fechar o elenco Rubro Negro nesta temporada.

Ramon jogou por cinco temporadas no Limeira, com média de 13,5 pontos por jogo e 2,6 assistências.

Assim o Flamengo reforça a posição mais carente da equipe. Vai revezar com o Luz na armação, e até mesmo atuar com ele, na posição dois, sendo o dominicano um forte infiltrador, empurrando o Marquinhos para sua posição: três e deixando o time ainda mais agressivo na defesa (já é a melhor defesa do NBB) e com uma nova opção no ataque.

Benite tinha média de 12 pontos por jogo. Ramón chega com média superior. É reforço pra melhorar os dois lados da quadra.

Atualizado - 01:05: Com a palavra o vice-presidente de esportes olímpicos Alexandre Póvoa:

"Sempre gostamos de deixar no planejamento uma alternativa para o caso de contusão ou de sentirmos que há algum ponto a ser coberto.

Teremos entre 34 no mínimo e 45 jogos no máximo em 5 meses. Muitas viagens pelo Brasil e para fora. Isso exigirá um grupo forte e com alternativas de jogo e de reposição no caso de contusões. 

A dificuldade dessa vez foi fechar o acordo e promover a regularização  do atleta (leia-se visto de trabalho) em tempo recorde. Todos trabalharam muito e deu, graças a Deus, deu tudo certo.

Joguei muito com dominicanos - Victor Chacon e contra - Evaristo Perez no Vasco. Contra o Vargas, não tive chance de jogar. Tudo gente boa, temos as melhores referências do Ronald, o que é um fator preponderante no nosso critério de escolha. Conversamos com ele ao telefone, pegamos referências de Limeira e tivemos excelente impressão".

37 comentários:

Antônio Neto disse...

A pressão dos companheiros aqui do Blog pelo visto funcionou rsrs

Brincadeira a parte, a contratação desse jogador era necessária para dar um equilíbrio maior a equipe. Agora na teoria temos mais um jogador para atacar o garrafão adversário e defensivamente para ajudar na marcação no perímetro.

Barreto disse...

Ramon foi contratatado quase no limite das inscrições para o NBB que ce encerram na próxima sexta-feira. Decisão acertada com relação a data de contratação não onerando a folha antecipadamente, esperando o aporte da 2ª parte da grana do patrocínio incentivado via ICMS. Parabéns ao Vido e ao Póvoa quer tiveram calma, cautela e equilíbrio para a tomada de decisão.

Barreto disse...

A contratação já aparece no site oficial do Flamengo.

Anônimo disse...

Desta vez, atrasou-se, André!
Já tínhamos anunciado no Blog Garrafão Rubro-negro bem antes do Natal!
Informação de amigos da Gávea!!!
Brincadeirinha, pois o mais importante foi esta grande aquisição do basquete do Flamengo,Orgulho da Nação rubro-negra!!!
MD@emon

Ruy Moura disse...

Chegou quem estava faltando. Terceiro estrangeiro, posição 2. Do elenco campeão do NBB 7 ficaram Gege, Marcelinho, Marquinhos, Olivinha e Meyinsse. Vieram Rafael Luz, Ronald Ramon, Jason Robinson, Rafael Mineiro e JP Batista, todos reforços excelentes. Em comparação ao time do ano passado, o elenco é mais completo. Nas temporadas anteriores não tínhamos 10 adultos. Se não tivermos problemas de contusões teremos rotação completa em alto nível de jogadores. Ansioso pelas conquistas da LDA e do NBB8. Seremos Campeões!

Joanilson Silva disse...

Vi os numeros do Ronald Ramon no site da LNB nesses 5 NBB q ele disputou e os numeros são bons, o Andre destacou alguns.

Tbm acho q essa rotação completa irá ajudar muito, não sei se o time é mais forte do q o do ano passado, ate pq é o primeiro ano do Luz no Brasil e o Nicolas estava a frente dele em entrosamento com o time e tecnicamente.

Mas o nosso garrafão é infinitamente mais forte.

Espero q o Jason consiga subir de patamar, pois com ele jogando um basquete de alto nivel e o Ramon repetindo pelo menos os numeros do Limeira o time sobe de patamar.

Parabens aos envolvidos.

Antônio Neto disse...

Seria bom se o Flamengo melhorasse também a estrutura fora de quadra, a comunicação do clube sobre o basquete continua uma piada, sequer informam o horário das partidas.

Ruy Moura disse...

O time ainda não chegou a um padrão de jogo capaz de ser comparado ao do ano anterior. Nicolas e Benite eram ótimos e a reposição no mesmo nível seria difícil mesmo. Lembrando que somente nos playoffs contra Limeira e Bauru foi que o time deu liga e atingiu um patamar superior ao dos adversários. Os novos - Rafael Luz, Ronald Ramon, Jason Robinson, Rafael Mineiro, JP Batista - um time inteiro pode evoluir muito e chegar a um patamar similar ou melhor. Pelo menos o time de agora é completo com 10 adultos e neste aspecto para mim houve uma evolução. Cabe ao trio Luz, Ramon e Robinson demonstrar a que veio.

Anônimo disse...

Rafa Luz é um bom jogador mas não adianta exigir que o cara mostre virtudes que ele não possui como por exemplo ser um grnade pontuador. Ramom é muito bom nos arremesos de 3 pontos , bom na marcação, mas tem sido mediano no resto das valências. Usa pouco as infiltrações e é também um organizador mediano de jogo. Além de dar tempo para ele se adaptar ao time, será necessário também respeitar as suas características de jogo. Pode ser até que no Flamengo mostre até muito mais do que apresentou no Limeira.

Anônimo disse...

#SRN
Parabéns diretoria por mais essa contratação, além de reforçar justamente a posição que estava carente no time, tenho certeza que com o Ramon os outros jogadores que não estavam rendendo tanto vão subir considerareis em relação ao seu desempenho em quadra, o Rafa terá um companheiro na criação e com isso o seu estilo de jogo vai aparecer, o Robinson vai jogar na sua verdadeira posição e com isso vai crescer tb e o Marquinhos vai voltar a jogar sem o "peso" de fazer várias posições diferentes na partida, sem contar que com 10 jogadores adultos a rotação e o ritmo forte poderá ser colocado do inicio ao fim das partidas, digamos que o que estava bom vai ficar muito melhor.
Agora é esperar e torcer para ganharmos td neste ano que se inicia.
Parabéns a todos os leitores deste blog e tb o seu criador, mais uma vez mostraram que entendem de basquete e que estão em sintonia com a diretoria e ajudando mesmo que indiretamente nas observações e escolhas.

Abraços a todos!

Barreto disse...

Hoje o blog “triple Double” apresenta um podcast bastante interessante falando com destaque sobre as performances de Laprovittola e Benite na Europa. Sugiro aos meus amigos dar uma escutada neste podcast.
De qualquer forma vou resumir o que foi presentado neste material por Gabriel Andrade, especialista em basquete Europeu.

1) Laprovittola

Fez boas partidas na Lituânia, mas sofreu restrições do segundo técnico do seu time, que substituiu o técnico argentino, com relação a marcação e atuação como organizador de jogo , tendo muitos turnovers e passes forçados. Em face do potencial enorme do Laprovittola na agressividade e pontuação, este técnico estava inclusive sugerindo que ele mudasse de posição, passando a jogar na posição 2. Isto não aconteceu porque o Nico foi para o clube Estudiantes da liga ACB. A opinião deste analista é que não seria o momento do Nico se transferir para este clube que atravessa uma fase muito ruim , sendo um dos piores da liga.

2) Benite

Suas atuações têm sido muito ruins. Ainda não se adaptou a liga ACB.


Difícil de entender este tal de basquete.
Robinson foi bem na liga ACB por vários anos e aqui no Brasil até o momento nada apresentou.
Já com o Benite está acontecendo exatamente o contrário.

Saudações Rubronegras.

Antônio Neto disse...

Barreto, considerando que é a primeira temporada desse jogadores na Europa vejo como normal qualquer tipo de dificuldade na adaptação, ainda mais se considerarmos o abismo que existe entre o estilo de jogo daqui e o praticado na Europa.

O caso do Robinson é diferente na minha opinião, pois não acredito que esteja tendo algum problema de adaptação, pois além do fato de ter vindo de um campeonato muito mais competitivo, se reparmos bem os seus números são praticamente iguais a de todos os clubes por onde ele passou. Acho que o problema é esperarmos um protagonismo de um jogador que possui um perfil discreto.

Barreto disse...

Acho que é um problema de adaptação sim mas também de estilo de jogo. Os armadores europeus previlegiam a a organização do time e a marcação. O Laprovittola não foi mal mas esperava que o Benite fosse se adapatar logo. Acho que estes caras vão parar no flamengo novamente, porque não vejo muita possibilidade de jogarem em times melhores por lá.. Quanto ao Robson os números dele em 5 anos de ACB foram muito supériores aos atuais. Nnenhum jogador ficaria este tempo todo por lá com os índices ruis que ele tem aqui. Temos que ver as assistências, roubadas de bola, rebotes, turnovers e outraos itens. Tirando a última temporada a sua média de pontuação na espanha foi superior 12, acima mesmo do que o o Benite tinha aqui e mesmo disputando um campeonato de nível técnico superior. Pontuação igual ou superior a 12 na liga ACB é considerada muito boa. Não sei o que aconteceu, mas não acredito mais que irá acertar por aqui. Tomara que eu esteja errado.

Barreto disse...

Antônio Neto

O que você acha do Ronald Ramon?

Antônio Neto disse...

Barreto, Robinson teve uma temporada apenas que destoa das demais, que foi a de 13-14 pelo Gizpuoa, que ele obteve uma média de 16 pontos, jogando 33 minutos e arremessando 13.35 por jogo.

O resto é bem parecido.

Temporada passada por exemplo,jogando pelo Cai Zaragoza, o americano obteve uma média 9.33 pontos por jogo arremessando 8.03 bolas por partida, já no Flamengo ele tem 9 pontos por jogo arremessando 6.75. Os outros dados que você cita são bem semelhantes, sendo alguns hoje até melhores.

A única diferença que vejo é que aqui o volume de jogo dele é menor, o que faz sentido, pois ele joga em um time que domina o campeonato local, e que no elenco conta com muitos pivôs de qualidade (para o nível daqui) e mais dois pontuadores natos.




Barreto disse...

Antônio Neto, o que VC acha di Ronald Ramon?

Antônio Neto disse...

Sobre o Ronald Ramon, não lembro de todas as características do jogador, mas daquilo que tenho na memória, é que ofensivamente é muito bom jogador, possui um bom arremesso (nada de espetacular) e ataca com facilidade o garrafão adversário.

A dúvida agora é se essa minha memória é fiel rsrs

Barreto disse...

Realmente fca difícil recorrer a memória levando em conta só os jogos que vemos de um jogador sem a preocupação de analisá-lo. Utilizei o site que assino livebasketball.tv que tem armazenado todos os jogos das ligas das América e Sul America. Vi quatros jogos inteiros do Limeira : contra o Boca, Aguada, Malvin e Argentino Junin. Pelo que observei ( conforme já imaginava) Ramon tem um arremesso de 3 ótimo, talvez melhor mesmo do que o Benite, marca muito bem, mas me parece que tem tem pouca leitura de jogo e capaciadade de organização de um time e além disso, ao contrário do que até eu mesmo imaginava, usa muito pouco as infiltrações. Nestes cinco jogos que vi usou apenas uma infiltração. Tive o trabalho de analisar estes jogos tendo em vista que tinha lido uma matéria em espanhol falando que os pontos fortes de Ramon eram os triplos e a marcação e os fracos eram a armação das jogadas e o ataque ao garrafão. Parece que está convergindo. É lógico que nada disso pode ser considerado como análise definitiva.

Antônio Neto disse...

Barreto, um dos pontos fracos do Flamengo hoje é a infiltração no garrafão adversário, se o Ramon realmente não tem isso como caractéristica penso que a comissão técnica errou em contrata-lo. Isso quer dizer que provavelmente continuaremos muito dependente do Marquinhos.

Marcelo Ramos da Silva disse...

Benite fez 18 pontos no último jogo.

Anônimo disse...

Paulo Jr.
Barreto, por todos os jogos que já vi do Ronald Ramon seria exatamente isso. Muito bom nos arremessos de 3, marca bem, mas não infiltra.
Acho a contratação bem positiva, nos permitirá aumentar a intensidade, diminuindo os minutos do Marcelinho, do Gegê e até do Marquinhos.
Mesmo sem infiltrar tanto, com Ramon aberto na linha de 3 imagino que os adversários não vão poder confiar tanto na marcação por zona. Acho que o bom arremesso do Ramon vai nos ajudar a liberar espaço no garrafão.

Quanto ao Robinson, acho que a comissão técnica sabia que ele não seria tão protagonista, mas esperavam que fosse encaixar bem, porque é um jogador completo (defende bem, passa bem, arremessa bem) e não tem estrelismos. Acho que ele realmente está bem aquém do que pode render, mas ainda tenho esperanças.

Alguém tem visto o Gimnasia jogar? Eles estão em segundo no campeonato argentino, parece que o armador Nicolas de Los Santos está jogando muito bem, alguém tem visto?

Batrreto disse...

Estou pesquisando as atuações do Ramon exatamente para ver se vamos preencher as nossas lacunas, principalmente com telação ao ataque aogarrafão. Os comentários que li dizem que ele quase não aparece nos ataques ao garrafão e aí começo a ver os jogos inteiros da liga sul americana ( 2ª divisão da América do Sul). Em cinco jogos inteiros ele tenta apenas uma infiltração que foi interrompida no meio por falta de ataque. Tudo bem que melhores momentos não dizem muito, mas em dois jogos contra o Brasilia nas quartas do NBB7 não apareceu nenhuma infiltração do Ramon nos highlights e várias do Deryck e do Nezinho. Depois vejo os highlights da semi copntra o Flamengo e nada ! Pode ser coincidência ? Aí leio o que escreve o Paulo JR sobre as infiltrações. Parece que há uma convergência para esta conclusão. Outra coisa, em nenhum destes jogos ele assumiu a condição de armador e mesmo na posição 2 não parece que o seu forte são as assistências. Me parece também que ele procura muito a zona morta visando o posicionamento para o arremesso de 3 pontos.Vamos aguardar. Realmente concordo plenamente com o Antonio Neto, o que mais o Fla precia agora é alguem que apareça para dividir a armação e o ataque o garrafão. Pelo que vi não parece ser o jogador que precisávamos. Mas acho que de alguma forma vai somar.

Thiago disse...

Benite nao esta mal, esse analista ta meio por fora.
Robinson estava super mega ultra criticado no Cai Zaragoza antes de vir pra ca. Acredito que ele estaja ''bisado'' percebam ele não consegue correr. Apenar andar e trotar em jogadas de contra ataque sempre passa a bola rapidamente.

Thiago disse...

sobre o Ramon, nao eh exatamente o que precisamos eh mais um chutador de 3, mas eh ala armador, não sabe armar bem mas tem alguma velocidade, pra puxar um contra ataque por exemplo. bom jogador;.

Barreto disse...

Thiago

Acho também que ele é bom jogador e vai ajudar, mas se a decisão foi contratar por que não contrar jogador coma carcterísticas mais próximas do que o Flamengo precisa?

Antônio Neto disse...

Li agora que o Gabriel dos Santos e o Felipe Amato foram dispensados. Uma pena não termos visto sequer entrarem em quadra.

Thiago disse...

LUTO PELA BASE DO FLAMENGO.
Nos; que somos poucos, precisamos cobrar da diretoria nesse momento, estou revoltado com essas duas dispensas.

André Amaral disse...

Thiago, boa noite

Apaguei seu comentário. Refaça sem acusações que não tenha como provar. A dúvida é pertinente.

Abs

Joanilson Silva disse...

Tbm gostaria de entender qual o criterio utilizado para a dispensa, se for tecnico ñ seria nada demais, ate pq todos soubemos qual foi o desempenho do time na LDB, mas ficaria a duvida do pq o Danielzinho continua lá.

Percebo q para a diretoria alem do aspecto tecnico é muito importante o comportamental e pelo visto devem exigir muito mais o comportamental do q o tecnico nos meninos q estão tentando forma.

Pode ser questionavel o criterio acho q pode, mas é o q eu imagino q eles utilizam e não podemos tbm dizer q é errado.

josecarlosf84 disse...

Pegando parte do comentário que fiz no texto sobre a piscina Myrtha, realmente é difícil entender essa dispensa.

João Felipe foi cestinha do Flamengo no LDB e Gabriel do Santos mesmo jogando poucos minutos teve médias excelentes (em um único jogo marcou 24 pontos em cerca de 20 min. em quadra). Foram os destaques da campanha pifia no LDB.

Salvo tenha havido algum caso de indisciplina (o que acho pouco provável), esse foi um tiro no pé em toda propalada nova politica das divisões de base, visando se tornar um ''clube formador'', afinal todo juvenil vai pensar 2 vezes antes de vir pra cá.

Alguém acha que um clube vai ser formador dando oportunidades a figuras como Danielzinho, Mingau ou Jorge? Não tem como.

Não sei qual foi o teor do comentário do Thiago, mas imagino que tenha haver com algo que todo torcedor de basquete rubro negro já percebeu: na base do clube o critério técnico parece que é secundário, o que importa aparentemente é o critério de relações pessoais, o famoso ''ser um jogador de grupo''.

O que ao meu ver é errado: é normal o jovem ser vaidoso, se achar o ''f...'', e é justamente na base que isso é consertado. Na base não se ensina somente fundamentos do jogo, se ensina caráter também.

Pra quem acompanha de fora parece que o Flamengo já quer que o jogador venha com ''consciência de grupo'' formada, o que é impossível em se tratando de adolescentes que veem muito mais o individual do que o coletivo.

Não há outra explicação para se preterir jogadores talentosos como Gabriel e João Felipe e insistir com Danielzinho, que já provou não ter as mínimas condições de ser jogador de basquete, quanto mais no Flamengo. Danielzinho deve ser um excelente companheiro, aquele amigão mesmo, pois basquete não tem nem pra jogar no aterro.

Realmente paira uma dúvida no ar. O por que de 2 jogadores promissores terem sido dispensados sem ao menos uma chance entre os profissionais e um ''jogador'' que em nada contribui para a equipe, nem na base, permanecer no grupo.

Ruy Moura disse...

Vi uma reportagem no globoesporte.com em 14.10.2014 e suponho que o Danielzinho é "apadrinhado" pelo Zico: https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=0ahUKEwjyw-Sy6ZfKAhXFC5AKHf7MC0sQtwIIHDAA&url=http%3A%2F%2Fglobotv.globo.com%2Fglobocom%2Fgloboesportecom%2Fv%2Fzico-manda-mensagem-para-danielzinho-jogador-de-basquete-do-flamengo%2F3698765%2F&usg=AFQjCNEi6BvAdxCP8XPlar-yzdHiB-7X7g&bvm=bv.110151844,d.Y2I

Barreto disse...

Não sei avaliar se estes jogadores tinham ou não consições de continuar, mas o fato que o contrato deles terminou em dezembro. Pedro Faria parece que continua. Realmente Danielzinho não dá pra entender.

Mas um pouquinho teremos 2 jogadores de verdade vindo da base Kayo Gonçalves ( ala- pivô 16 a17 anos 2:00 m) e joão felipe 17 anos 2;12m.

Barreto disse...

Corrigindo


Não é João Felipe e sim João vitor 17 anos 2:11 m.

Anônimo disse...

Os jogadores foram contratado para disputa da LDB não eram menores, mas jogadores que foram experimentados na competição, apesar dos números o Flamengo não foi bem na competição e isso deve ter pesado na não renovação dos atletas. Teria que ser avaliar o custo e benefício dos mesmos e seu aproveitamento futuro. Não deveriam ganhar menos que os jogadores que completam o banco hoje.
Os outros clubes citados por vários comentários tem tradição antiga no trabalho de base e revelação dos atletas sendo que os vários jogadores citados estão nos seus clubes desde muito jovens. O caminho do flamengo parece ser este trabalhar jogadores mais jovens e ir já desenvolvendo os atletas antes que eles cheguem aos 18 anos.

josecarlosf84 disse...

Anônimo, realmente o Flamengo não foi bem no LDB, fez uma campanha pifia. Porém os 2 jogadores dispensados quando exigidos corresponderam e estranhamente não tiveram chance de jogar no profissional.

Não há como entender que algum jogador seja preterido pelo Danielzinho, não há explicação. Qualquer leigo em uma pequena observação percebe logo de cara que ele não tem futuro como jogador profissional de basquete.

Se a comissão técnica levou em conta o ''custo-beneficio'' de cada atleta, então faltou dispensar outros jogadores: Mingau, Jorge e principalmente Danielzinho, que em NADA acrescentam a equipe (nem mesmo a base) e só trazem despesas.

Thiago disse...

O teor do meu comentário foi simples.
Disse que existe corporativismo na base(Famoso tampinha nas costas)
Me desculpem se ofendi alguém.
Pra mim eh claro que so um desastre tira o titulo do NBB do Flamengo agora que a final sera em melhor de 5. Mas a base e o adulto precisam ser avaliados individualmente.
Muitos garotos sonham ser jogadores de basquete.
Sempre vai penerando com passar do tempo, primeiro os mas baixos vao ficando, depois aqueles menos habilidosos o tempo vai passando são menos times nas divisões maiores da base e entao finalmente estamos no ultimo passo para virar um ''profissional''. Isso não eh fácil no Brasil pra cada um 1 que fica 100 caem fora. E entao na maioria dos caso voce torce para que o que voce mostre seja suficiente para ganhar tempo de quadra entao assinar seu contrato. Caso contrario, vida que segue. Diferente dos EUA voce não sai com um diploma universitário que ganhou com bolsa de estudos, em universidades que os pais economizam uma vida para pagar.
Poderia ficar aqui escrevendo o nome de todos os jogadores que vestiram a camisa do Flamengo pela base nos últimos anos sem ter oportunidade de pisar numa quadra no adulto para mostrar qualquer coisa do seu basquete.
O Flamengo nessa temporada foi 22 de 24 clubes na LDB. E nossos poucos canais pararam de noticiar sobre o campeonato quando o Flamengo começou a ser atropelado. Por que? Não e ''feio'' perder, ganhamos duas vezes a LDB, mas dessa vez a LDB simplesmente não existiu.
No inicio da temporada ''contratamos'' 3 jogadores de ''luxo'' para LDB; Pedro, Gabriel e Joao Felipe. Todos craques da base. Nao acompanho o Dia a Dia, mas os números destes foram bastante razoáveis comparados com outros jogadores que continuam integrando nosso basquete.
Pois bem basquete nao eh feito so de números, reconheco. Mas ja vi o Daniel e o Pedro jogando algumas vezes, eu afirmo aqui; o Pedro eh muito superior. Ate mesmo para ''armar''.
Pois vem Mingau, Pedro e Daniel são os 3 não adultos jogando no adulto, e um deles tera que sair do banco para dar lugar ao Ronald Ramon.
Facam suas apostas. Quem sera?
E porfavor também gostaria de falar que caso o Pedro seja dispensado num futuro próximo ele não indisciplinado e eh um ótimo garoto, carregou bolas e equipamentos temporada toda ate aqui por ser o ''rookie'' do time, tradição do basquete. Menino muito bom.
Sobre o Joao Felipe e o Gabriel agora não adianta chorar mais, mas fica algo de tudo isso. Uma licao. Torco por eles, toda sorte.
Porfavor nao ouve nada negativo no meu comentário gostaria de mante-lo
E obrigado ao BLOG que por nos informar sobre basquete.
SRN

Gustavo disse...

Ótima contratação do Mengão!!! Vi alguns jogos do Ramon e ele me impressionou positivamente na confiança e no êxito nos chutes de três. Mais uma preocupação para os times adversários, melhor para nós que teremos mais velocidade e mais opções de cestas no ataque.

Parabéns diretoria. Seja bem vindo Ramon!!!