segunda-feira, 2 de novembro de 2015

NBB 2015/2016: Bauru 77 x 73 Flamengo


Na abertura de mais uma temporada do NBB o atual tricampeão Flamengo foi derrotado pelo Bauru por 77 x 73.

Marquinhos quase chegou ao triple-double: 17 pontos, 7 rebotes e 8 assistências. O ala Rubro Negro deu mais assistências do que a dupla de armadores: Luz distribuiu quatro e Gegê saiu zerado em 24 minutos. Muito tempo!!!

O garrafão foi o grande destaque da partida e deve ser a grande força do time no campeonato: Meyinsse terminou com 80 % de aproveitamento (16 pontos), Rafael Mineiro com 66% (12 pontos) e JP com 54% (13 pontos).

Robinson foi discreto, mas se destacou na reação no quarto final: terminou com 13 pontos e 5 rebotes.

Sem Marcelinho, vetado, e a contusão de Olivinha logo no começo, deixou o Flamengo com um rodízio de apenas sete jogadores. Cinco terminaram com dois dígitos na pontuação.


O JOGO

O primeiro tempo terminou equilibrado, com o Bauru vencendo por 36 x 34.

O terceiro quarto foi pavoroso e os donos da casa chegaram a abrir 14 pontos: 61 x 47, mas Mineiro cortou a diferença com uma linda bola de três no estouro.

Bauru voltou novamente melhor, abriu 70 x 56. Mas os americanos Meyinsse e Robinson cortaram a diferença para nove pontos: 70 x 61. Demétrius parou a partida. Na volta Meyinsse pontuou e uma bola de três de Marquinhos colocam o Flamengo no jogo: 70 x 67.

Depois de uma sequência de 11-0, volta Gegê. A vantagem cai para apenas um ponto com uma cesta de JP: 72 x 71. Mas Day colocou o Bauru com boa frente nos minutos finais: 75 x 71.

Com dois lances livres Marquinhos cortou a diferença: 75 x 73.

Faltando 26 segundos, posse Rubro Negra, eis que Gegê desperdiça um passe e o Flamengo, atônito, só fez falta faltando nove segundos pro término da partida. Marquinhos não precisava ter esperado o banco gritar para cometer a infração.

O máximo que você segura são os oito segundos até atravessar a quadra, cruzou a linha, para o jogo. Bobeiras cruciais do Flamengo que custaram uma boa chance de vitória.

Alex matou os dois lances livres e deu números finais ao jogo: 77 x 73.

40 comentários:

Zé Vítor disse...

Será que o Flamengo vai atravessar o campeonato só com o Luz e o Gegê? Pode até ser que o Luz desencante, mas mesmo assim o Gegê não tem jeito, ele é muito fraco!

Gustavo Pereira disse...

Acho que é muto cedo para falar qualquer coisa. Perder de 4 pontos do Bauru, que manteve o time todo (somente o Murilo está machucado), jogando sem o Marcelinho e Olivinha, na casa do adversário, não me parece ruim. De negativo, a péssima atuação dos armadores. Mas não é possível que o Rafael Luz jogue somente isso, tem sido convocado para a seleção brasileira com constância. Está se readaptando, vindo de duas contusões musculares.O Jason Robinson já progrediu hoje.

De positivo, estamos muito mais fortes no garrafão. Enfim, cabe esperar, mas eu gostei do que eu vi como ponto de partida, temos que lembrar que é um time novo, demora a encaixar. Vamos oscilar muito ainda, é completamente normal.Lembrando que no primeiro turno do NBB passado sofremos 6 ou 7 derrotas com um time que era campeão do mundo.

josecarlosf84 disse...

O time ainda está em formação, não dá pra tirar muitas conclusões, embora eu ache que falta um jogador mais ofensivo, alguém que faça a 1 e a 2, pois o Luz e Robinson são jogadores com caracterisitcas mais defensivas e Gegê é um caso raro, ao meu ver único, pois é um jogador que regrediu ao invés de evoluir.

Na verdade quero mesmo é chamar atenção pra outro ponto: o Flamengo não tem base e está jogando dinheiro fora com ela.

São jogadores fracos, que não podem ajudar o time nem no momento do sufoco, como hoje onde o time jogou 35 minutos com 7 jogadores (pra não ser injusto, o Pedro Faria jogou 50 segundos). Em um jogo como esse era pra esses garotos buscarem fazer o nome, mostrar que podem ser úteis, mas o próprio técnico sabe que isso é impossível.

O clube tem que pensar no custo beneficio em manter esses jogadores. Cada jogo fora envolve um custo com passagem, hospedagem e alimentação, colocando isso numa ''conta de padeiro'' deduz que uma viagem de um garoto desse custe em média uns 1500 reais por jogo.

Pra esse jogo o Flamengo levou 4 (Mingau, Danielzinho, João Felipe e Pedro Faria), ou seja:

R$ 1500,00 X 4 = R$ 6000,00 para os garotos fazerem turismo. Nem com o time com apenas 7 jogadores eles servem pra jogar. Tudo bem que era contra o Bauru, outra força do basquete nacional, porém era uma situação de exceção, onde o time estava com poucos jogadores.

Agora multipliquemos esses R$ 6000,00 por 14, o número de jogos fora de casa na primeira fase: R$ 84000,00 jogados fora no mínimo, quase 15% do orçamento mensal. E isso em um esporte onde os recursos são escassos. É um desperdício considerável.

Nem adianta dizer que é para os garotos ''pegarem experiência'' ou ''ajudarem em jogos mais fáceis'', pois o Danielzinho tá ''´pegando experiência'' desde 2012 e até agora não sabe quicar a bola.

Há de se repensar esse custo beneficio: ou se manda essa atual geração sub-22 embora, investe pesado na geração que nasceu de 98 pra cima e trás uns 2 brasileiros medianos para compor o elenco ou então passa a levar somente 1 atleta sub-22 nos jogos fora. Levar 4 para não jogar é exagero.

E não culpo o Neto pelo não-aproveitamento deles, afinal precisávamos de um pontuador. Alguém em sã consciência acha que o Danielzinho ajudaria o Luz a criar alguma jogada? Ou alguém acha que o João Felipe ou o Pedro dariam conta do Alex, Day e Meindl? Bauru colocou um garoto em quadra (Wesley) e o rapaz correspondeu, deu uma cravada em cima do JP sem se intimidar. E ainda tinham o Carioca, outro bom sub-22 no banco. Já a nossa base não tem ninguém que se aproveite, embora tenha o Gabriel, mas infelizmente parece que não se adaptará ao nosso clube.

Anônimo disse...

o time pode melhorar mais o gege continua a mesma coisa fraco e continua juvenil ja devia ter ido embora na temporada passada

Barreto disse...

Fiquei muito desapontado quando o Flamengo renovou com o Gegê pois existiam na epoca vários jogadores melhores do que ele e talvez com o mesmo salário. Vou citar apenas um jogador mediano que é bem melhor do que o Gegê e está no Brasilia: Jeferson Campos.
Por isso dsisti de comentar as suas atuações, pois é inútil. Este jogador não vair melhorar e Flamengo não vai contartar outro armador..
Com relação ao jogo de hoje , confesso que o desempenho do time foi até melhor do que esperava. Não esqueçam que há uma semana o Flamengo pedeu para o Basquete Cearense e que tem feito jogos equilibradíssimos com o mediano Macaé.
Alguns aspectos positivos no jogo de hoje me indicam que este time fai ficar muito bom.
O garrafão teve ótimo desempenho e o aproveitamento dos jogadores foi excelente (exceto Gegê e Rafa Luz ). Marquinhos teve boa pontuação mas o seu aproveitamento também não foi bom..
No último jogo com o Macaé ROBINSON JÁ FEZ UMA PARTIDA RAZOÁVEL E HOJE ainda foi melhor com 13 pontos, 5 rebotes e aproveitamento de 59%. Há jogadores que tem adaptação mais lenta e esse é o caso do Robinson. Tenho convicção que em breve teremos outro protagonista de respeito. Não gosto do Rafa Luz mas acho que ele ainda vai melhora muito.

Ruy Moura disse...

Foram 2 pontos do Rafael Luz e nenhum do Gege. Se os armadores tivessem pontuado, a vitória seria certa. O Rafael Luz precisa mostrar a que veio, caso contrário o Neto terá de pensar na contratação de um armador para a conquista da América e para manter a hegemonia nacional.

Joanilson Silva disse...

Foi o q já tinha falado depois da vitoria contra o Macaé, o time é ruim não, é bom e pro nivel NBB esta ligeiramente melhor q o Bauru, pois temos mais tecnico e ele conhece melhor o time, apesar q acho q o Bauru vai ficar muito forte com o Demetrius, pois vai parar de chutar de 3 do meio da quadra. Acho q o jogo ficou mais amarrado por causa desse detalhe, eles continuam chutando de qualquer canto da quadra, pena q não soubemos aproveitar alguns ataques.

Acho q o Luz é bom, mas não é diferenciado e não vai criar jogadas diferentes, vamos seguir a rotação de bola e vamos pontuar, mas nenhuma jogada diferente, ele no 4 periodo pega uma bola livre na linha de 3, refuga o arremesso e tenta o passe, como lembrei do Nico..... Acho q tbm esta se adaptando ao basquete brasileiro, não conseguiu marcar o Fischer e mais uma vez veio o Gege pra quadra para tentar armar o time, dai podemos ver nossa atual situação e monstrar como o time é forte, pois perder somente de 4 pontos jogando sem armador, com 2 jogadores machucados temos q aplaudir.

Gostei da marcação do time, algumas vezes acaba tomando uma bola boba, pois acho q o time cansa da intensidade defensiva q tem. JP e Meyisse precisam ser mais agressivos no rebote, 90% das bolas tem q ser deles e juntos em quadra todos os rebotes tem q ser nosso.

A base é um caso a ser estudado, o Vido da entrevistas falando da mudança e varios outros detalhes, mas juro q não consigo entender o q acontece na peneira, pois os jogadores q sairam novos do Flamengo, tipo o Douglas esta jogando aonde? O Gege q continua no time é no maximo esforçado e como falaram é um cara q conseguiu regredir, será q alguem ja falou isso pra ele, pois ele deveria começar a ver isso e tentar voltar a uma linha de crescimento, o Danielzinho, ah o Danielzinho é o Danielzinho e ponto final.

Gostei dos calculos de custo da base q não rende.

Agora me digam como pode um jogador da base de qualquer outro time consegue se destacar contra a gente e os nossos não renderem nada, absolutamente nada, será q por ter um elenco tão forte os nossos ficam amedrontados?

Como o Barreto ja havia falado a nossa base deve dar retorno daqui a uns 3 anos, apesar de não ser tão otimista. Vamos esperar e a atual a gente joga como fundo perdido.

Bons comentarios sobre o time, O Jason ainda precisa de entrosamento, ele e o Mineiro, ainda estão começando a se soltar.

Barreto disse...

Ruy Moura

Posso lhe garantir que o flamengo não vai contratar mais ninguem a não ser que haja algum afastamento de longo período por contusão. Outra informação que obtive conversando com a comissão técnica depois do último jogo do Macaé na Gávea é que a filosofia do Flamengo é trabalhar somente com 9 jogadores na rotação completando os 12 jogadores com 3 atletas da base. Não gosto desta idéia mas é o que vai prevalecer.

Barreto disse...

Quando digo que não gosto desta idéia de utilizar 3 jogadores da base da rotação é porque esta filosofia para o momento não é adequada em função do que há hoje de disponibiliadae na base. Tanto assim que ontem mesmo com apenas 7 jogadores na rotação os garotos praticamente não jogaram. Somente um deles teve 50 segundos de quadra.

Joanilson Silva disse...

Acho q essa filosofia pode ser boa, mesmo no atual momento, mas entre esses 3 não podem ser Mingau e Danielzinho, pois ja sabemos q ñ vai sair grande coisa. Mingau acho q talvez vale abrir a exceção, mesmo ñ tendo muita confiança, mas o Daniel infelizmente foi fundo perdido.

É investir em 3 hoje para q no futuro essa nova mentalidade proposta pela Diretoria dê frutos... Pois erraram muito, infelizmente na base o erro foi feio.....

josecarlosf84 disse...

Levando em conta essa informação do Barreto de que serão apenas 9 profissionais salvo algum caso de contusão no decorrer da temporada então a diretoria pode fazer o seguinte: para os jogos fora do Rio levar apenas 1 garoto da base já que eles em nada acrescentam a equipe, já que o custo é relativamente alto. Gostaria muito que dessem uma chance ao Gabriel, parece ser um jovem promissor e pra quem coloca Danielzinho pra jogar não vejo nada demais em colocar o Gabriel mesmo ainda sem estar 100%. E quanto ao Gegê espero que essas críticas construtivas cheguem até ele e que ele possa recuperar o bom basquete que teve entre 2012-2013

Antônio Neto disse...

Josecarlosf84, dê um olhada nas estatísticas e verás que a temporada 12-13 do Gegê foi quase tão ruim quanto ao da temporada anterior, sinceramente não tem como ter esperança com esse jogador.

Antônio Neto disse...

Com os armadores que temos hoje, penso que seria interessante em momentos mais dificeis utilizar o Marquinhos na posição 1, se trata de um jogador com muitos recursos técnicos e uma ótima mobilidade para alguém da estatura dele.

O David Blatt fez a mesma coisa com o Lebron nas finais contra o Warriors, onde o time não podia contar com o kyrie Irving (Lesionado) e Dellavenova (ofensivamente bem fraco).

Barreto disse...

Jose Carlos

Não dá para entender o porque do Gabriel estar normalmente sendo esquecido enquanto que os outros jogadores que chegaram na mesma época ( Luis Felipe e Pedro Faria) pelo menos ficam no banco. Na melhor hipótese Luis felipe e Pedro Faria são do mesmo nível do Gabriel. Acredito que haja algum outro fator que não conhecemos para o preterimento do Gabriel.
Uma coisa ontem ficou evidente: o nosso garrafão é muito forte. Se o Rafa Luz jogar pelo menos o que já vi ele jogar e com o Marcelo jogando de 15 a 20 min, o Fla vai ganhar de novo este NBB.

Hernandes disse...

Gostei do que vi ontem!

Nossos reforços do garrafão mostraram personalidade e muita qualidade. JP Batista e Rafael Mineiro foram muito bem! Cresceram durante o jogo! São jogadores importantes!

No segundo quarto nosso time fez apenas 2 pontos em cinco minutos. Foram várias jogadas de ataque precipitadas com Rafael Luz e Gegê juntos na quadra. Também pensei o mesmo que o Ruy Moura: se os nossos armadores pontuassem minimamente, teríamos vencido o jogo.

Gostei da atuação do Robinson! Vamos lembrar que ele está começando a se adaptar ao time. Mesmo assim, meteu várias bolas no segundo tempo e foi útil! Encaramos ontem o time mais preparado, junto com o nosso, para ganhar o campeonato.

Meyinsse foi muito bem! E Marquinhos está em ótima forma! No geral, parabéns a todos! O Gegê é campeão de tudo! Vamos respeitar a qualidade dele, pois ele nos ajudou em todos os títulos!
Quanto ao Rafa Luz, vamos acreditar que a comissão técnica viu e vê nele o que ainda não vimos. Que ele se concientize que tem que pontuar, melhorar. Desejamos sucesso para ele no Mengão!

Parabéns a todos pelo título do carioca! Ser campeão é sempre bom!
José Neto, diretoria, fiquei feliz com o time ontem. É um time mais alto, mais casca grossa! Só tem que melhorar na armação. Valeu!

Hernandes disse...

Oi, André. Você pode postar aí uma matéria sobre a adesão do nosso Mengão ao Profut? Tivemos um bom desconto na dívida. Eu tenho uma dúvida: essas parcelas são fixas, não mudam, ou podem variar?
É importante saber isso. Uma outra dúvida: nós podemos emitir Darfs e ir ajudando o Mengão a pagar as parcelas? Seria legal para nós que contribuímos com o FlaemDia. Eu gostaria de continuar ajudando.

Parabéns diretoria pelo excelente trabalho na parte adminstrativa, financeira do Clube! Agora é profissionalizar o departamento de futebol que hoje parece estar uma bagunça.

Bcb disse...

Boa tarde,

Particularmente não gostei muito da atuação do Flamengo.Acho que o time é naturalmente forte candidato ao título e é compreensível uma certa falta de entrosamento.

Porém, esperava um pouco mais, especialmente do ataque.Como já era previsto, teremos problemas na armação pois os dois armadores que temos são até bons defensivamente, especialmente o Luz, mas em termos ofensivos são muito limitados.

Esse time tem potencial para ser muito forte na defesa e nos rebotes, mas ofensivamente vamos depender de um trabalho muito bem feito do Neto, da produção do Marquinhos e dos pivôs.

Ainda que não tenha gostado muito, acho que todos os reforços tem muito o que melhorar fora o JP que é aquilo mesmo.O Jason Robinson é um jogador interessante, bom defensor e com individualidade, o Minero e o Luz também podem produzir mais.

Estivemos ainda sem Marcelinho e Olivinha.O time vai melhorar bastante ainda.

DAVID disse...

Concordo com quase tudo que o Barreto disse e respeito bastante o que o José Carlos falou sobre a base. Venho acompanhando os jogos do Flamengo com esse novo elenco e realmente mudamos nossa maneira de jogar e ainda não estamos entrosados (o que é normal tb). Esperava que o Flamengo tomasse uma surra do Bauru ontem por vários motivos(time mais entrosado, quase completo, vindo de um forte campeonato paulista, jogando em casa e o Flamengo desfalcado de dois jogadores importantes) e não foi isso que eu vi.Mesmo sem jogar bem o Flamengo ou comandou o placar ou esteve sempre próximo (com exceção do fraco 3º quarto onde o Bauru conseguiu abrir).Tivemos 3 erros cruciais onde muito provavelmente ganharíamos o jogo (um passe errado do Gegê, outro do Rafa Luz e a demora do Marquinhos em fazer a falta no Alex).Tenho certeza que esse time vai dar liga e vai partir para os títulos.Estamos muito fortes no garrafão (ontem isso ficou provado mesmo sem o Olivinha) e marcando bem mais forte (tomamos poucos pontos em todos os jogos com esse novo elenco (incluindo contra o Orlando). Rafa Luz vai melhorar e o Robinson já parece estar dando um passo a frente. Mineiro ontem já estava bem mais solto e JP é bastante técnico (a bola de média distancia dele é ótima).Não gosto da ideia de ter apenas o Gegê como opção na reserva da armação, tínhamos o Benite para fazer as vezes mas é o que tem pra hoje. Agora é entrosar com uma nova proposta tática e partir pra cima deles.

Joanilson Silva disse...

Esses 3 da bases são mesmo razoavelmente bons? Pois ou o Danielzinho é muitooooooooooooooooooo ruim, e isso é mesmo e atrapalha os 3, pois o time não consegue ganhar de ninguem na LDB.

Infelizmente os jogos da base não são transmitidos então não da para saber, mas 3 jogadores razoaveis e q não conseguem vencer alguns joguinhos, juro ta dificil de acreditar neles.

Posso estar sendo pessimista, o Barreto falou em 3 anos para os frutos, mas ainda não consigo ver esse horizonte.

Acho q os DARF's gerados são para pagamento dos valores atuais e não esses do PROFUT.

Não vejo o Marquinhos sendo armador, acho muito bom tecnicamente, mas jogar como armador, trazendo a bola vai detonar ele pro ataque e o Lebron q esta a anos luz dele tecnica e fisicamente não rendia a mesma coisa trazendo a bola, temos q conseguir mesmo com esses armadores rodar a bola e atacar.

Antônio Neto disse...

Joanilson, o Lebron jogou demais naquelas finais, se não me engano foram 35 pontos e mais de 8 assistências por jogo, com o Dellavenova articulando as jogadas eles não teriam sequer chance de ganhar algum jogo.
Sobre fazer isso com o Marquinhos, não é que seja novidade, se notarem quando os nosso armadores não conseguem desvencilhar da marcação e assim trabalhar as posses de bola, é ele quem desce para dar um desafogo e assim articular as jogadas. Único problema é que o José Neto deixa o Marquinhos armar as jogadas e o Rafa Luz ou Gegê abertos, sendo que ofensivamente estes dois deixam muito a desejar.

Enfim, acho uma opção muito interessante, ontem ele fez esse papel tantas vezes e com muito mais precisão que o Rafa Luz e o Gegê, tanto é que terminou com 8 assistências e 22 de eficiência (maior do que todos os outros em quadra).

Para deixar claro não estou dizendo que o Marquinhos deve virar um armador, mas sim que o José Neto deveria utiliza-lo na posição quando o Rafa Luz e o Gegê estiverem com muitas dificuldades.

Joanilson Silva disse...

Antonio,

Como disse o Lebron é acima da média, sei q fez muitos pontos, mas fez por ser acima da média, com um armador trazendo a bola ele poderia ter rendido muito mais.

Acho q o Marquinhos q não tem esse vigor fisico todo do Lebron e não aguentaria nem 20 min tendo q armar, talvez poderia tentar fazer o Gege ou o Luz ou o Jason trazendo a bola e o Marquinhos começar a armação ja no campo de ataque, mas mesmo assim seria uma opção para 4 periodo, pois não vejo ele aguentando mais do q 20 min de jogo tendo armar e pontuar. Mas é aquilo so testando para saber.

Acho q com a volta do Marcelinho vamos melhor muito a armação do time, ate pq ele mudou e assumiu o novo papel no time.

Antônio Neto disse...

Joanilson, ninguém desloca um jogador de sua posição original dessa forma, isso só irá acontecer quando ele achar que é realmente necessário. Se você tem um grande armador no elenco obviamente você não irá tirar o Lebron da ala.

Mesma coisa vale para o Marquinhos, se o Rafa Luz ou o Gegê conseguirem desempenhar suas funções não tem motivo para fazer improvisações.

O problema que isso não vem ocorrendo nos jogos mais dificeis, contra o Orlando os nossos dois armadores foram engolidos pela defesa adversária, contra o Bauru ambos tiveram muita dificuldade para se desvencilhar da marcação do Ricardo Fischer e penetrar o garrafão adversário). Aí é onde o treinador na minha opinião deve buscar soluções e até mesmo improvisar se for preciso.








Barreto disse...

Ontem, pensando sobre basquete, fiz uma análise sobre a contratação do Rafa Luz para o lugar do Nico. Não seria melhor ter contratado um jogador com características próximas do
argentino ?
Acho que a maioria dos rubro-negros , assim como eu, diria que sim por razões óbvias.
Lanço outra pergunta. Será que com o câmbio bem mais favorável o Rafa Luz teria sido contratado?

josecarlosf84 disse...

Barreto, até onde sei, a diretoria foi pega de surpresa com a saída do Laprovittola, embora ele já demonstrasse interesse em jogar na Europa.

Na imprensa estrangeira, principalmente na Espanha, já apareciam reportagens onde ele já negociava com clubes europeus desde o fim da LDA (e inicio dos playoffs do NBB), porém ao mesmo tempo em que negociava com os europeus, ele declarava, inclusive para a diretoria, que tinha o interesse em permanecer no Flamengo. Tanto que o salário dele em dólar na Lituânia é pouca coisa maior do que o que era recebido aqui (logicamente na época o dólar era R$ 2,50, hoje é R$ 4,20). Ou seja, ele saiu do Flamengo buscando visibilidade.

A partir do momento em que o Laprovittola confirmou que não continuaria, já após o fim da temporada, eu imagino que o Rafa Luz não tenha sido a segunda opção, tendo em vista que possui status de jogador de seleção e com boas temporadas na Europa e era uma das poucas opções ao nível do Flamengo disponíveis no mercado.

Acredito que se a saída do Laprovittola fosse confirmada com maior antecedência, ai sim a diretoria tivesse corrido atrás de outro nome, provavelmente estrangeiro, já que no Brasil o único armador a nível do Flamengo que tem características próximas é o Rafael Fischer, que seria difícil de tirar do Bauru.

Ao meu ver a saída mais sentida deve ter sido a do Benite, tendo em vista que ele já havia renovado contrato e como é de conhecimento de todos, a diretoria teve que ir em busca de um estrangeiro, já que não havia brasileiros ''posição 2'' no mercado; e também como é de conhecimento de todos, Jason Robinson não era a primeira opção. E pra completar, ainda teve a situação com o Humberto no inicio da temporada.

Antônio Neto disse...

Barreto, ainda acredito no Rafa Luz, mas considerando o perfil do elenco acho que deveriam sim ter ido atrás de algum jogador com características próximas ao Laprovittola. Penka Aguirre (Flamengo tinha interesse) ou o Luca Vildoza são bons nomes, na minha opinião qualquer um dos dois se adaptariam melhor ao estilo de jogo do time.

Uma outra opção seria ter contratado um armador mais experiente para o lugar do Gegê, um base experiente como o Stanic (ex-palmeiras) seria muito útil para o Flamengo e certamente diminuiria bastante a pressão em cima do Rafa Luz.



Barreto disse...

Jose Carlos, tenho minhas dúvidas se o Rafa Luz teria sido contratado caso o dólar estivesse em outro patamar.

josecarlosf84 disse...

Na temporada passada o elenco foi bastante criticado por ser fraco na defesa, principalmente após o Final Four da LDA. Chegamos ao cúmulo de tomar quase 80 pontos da Liga Sorocabana. Ao meu ver a diretoria buscou um armador com maior poder de marcação pra corrigir esse problema, porém não contava com a saída do Benite.

Joanilson Silva disse...

Acho q o q mais pesa para o Luz foi a saida do Benite, pois o Benite já conhecia muito o jogo do Flamengo e iria ajudar muito, com o Jason ao lado o Rafa acaba ficando sem uma referencia, pois é outro q tbm esta tentando se acostumar com o jogo.

A saída do Benite é o fator determinante da oscilação do Flamengo atualmente, espero q com a volta do Marcelinho esse prejuizo seja minimizado.

Mesmo com essa oscilação atual ainda estou muito tranquilo para a temporada, acho q problemas somente no SUlAmericano.

E vcs viram, nossa base conseguiu ganhar um jogo, e perdeu somente o segundo quarto, conseguindo tomar 25 (V-I-N-T-E E C-I-N-C-O) pontos.

Acho q temos q comemorar muita essa vitoria, ate pq o União LDB é o PRIMEIRO de cima pra baixo na tabela, então um adversario q impoe medo e consegue fazer 25 pontos em apenas um quarto

Barreto disse...

Joanilson


Acho que não faz muito sentido falar em oscilação neste momento.
Só podemos falar em oscilação quando tivermos uma sequência sognificativa de jogos .

Todos os jogos até agora com as equipes brasileiras podem ser considerados como treino.

A temporada teve apenas um jogo de verdade.

Joanilson Silva disse...

Barreto,

A oscilação utilizo como base o ano passado, esse ano com as novas peças estamos abaixo do q o time apresentava. Acho q a palavra oscilação não era a melhor, pois da esse entendimento de "varios" jogos o q ñ aconteceu, posso trocar para queda de rendimento.

Barreto disse...

Quem puder dar uma lida na matéria postada hoje no BLOG VINTE E UM ( Giancarlo Giampetro ) sob o título " As primeiras impressões do Flamengo 2015?2016. Vale a pena conferir. Giancarlo faz uma análise interessante do elenco atual do Flamengo .

Joanilson Silva disse...

Barreto,

Li a materia, achei muito boa, é bom ver alguem q entende de basquete e parece não torcer por nenhum time passando informações.

Apesar q acho q bate muito com o q a galera fala aqui, so q aqui acaba pesando o sentimento pelo time.

SRN

André Amaral disse...

Não tenho nenhuma informação, mas duvido que renovariam com Gegê se soubessem que Benite poderia sair.

Renovaram com o Gegê em julho, Benite saiu em agosto.

Sua saída foi uma surpresa e acho que até mais lamentada do que o Laprovittola. É difícil ter uma reposição para sua posição. E ele poderia assumir a armação do time, como assumiu por diversas vezes na temporada passada, marcando o Pargo, inclusive.

Por mais que o Luz não tenha as mesmas características do Nicolas, é um armador com bagagem estrangeira, da seleção e de boa qualidade.

Vamos sofrer nesta temporada na posição um.

Barreto disse...

André

Vou discordar de você. O Benite nunca assumiu a armação do time e sempre que esteve em quadra
havia sempre um armador em quadra ou Gegê ou Laprovittola. Naquele jogo contra o Maccabi Benite simplesmente assumiu a marcação do Pargo, mas a armação ficou a cargo do Nico e durante algum tempo com o Gegê.
Benite não queria mais ser armador e seria difícil convecê-lo disso. Poderia té assumir a posição 1 em uma emergência mas não assumiria a condição de titular nesta fnção.

Ruy Moura disse...

André e Barreto concordo com as lamentações pela saída do Vitor Benite e faço um acréscimo pelas observações do potencial de futuro deste jogador. Para mim perderam o Flamengo e o próprio jogador que na minha opinião estaria mais valorizado pós jogos olímpicos, caso ficasse no Mengão. Por observar o que o Benite jogou pelo Franca, inclusive na eliminação do Flamengo no NBB daquele ano, o Benite demonstrou que era um jogador diferenciado e que, naturalmente, seria o sucessor do Marcelinho Machado, um dos últimos grandes jogadores do basquete brasileiro e melhor da história do Flamengo. Benite sempre jogou bem pelo Flamengo mas sua grande temporada estaria porvir. E certamente assumiria o protagonismo deste time de agora. Lamentavelmente saiu na hora errada, pois ao que parece não terá sucesso imediato na Espanha e deixou o Flamengo sem um substituto à altura. Torço, sinceramente, para que o Robinson me desminta!

Ruy Moura disse...

Ainda acho viável que a diretoria pense em investir em um escolta para a temporada capaz de fazer evoluir também o basquete do Rafael Luz, porque temos de apostar na contratação deste. Não podemos pensar em hegemonia se não houver a mudança no jogo de armação. Por isso, a diretoria deve rever os dogmas e fazer um sacrifício financeiro. A terceira vaga de estrangeiro está aberta.

Anônimo disse...

Ruy Moura

Conversando com o Alexandre Póvoa no dia da apresentação do elenco na loja adidas (você estava lá ), soube que a diretoria do Flamengo tentou convencer o Benite e o seu prurador, se não me engano seu pai, que talvez não fosse a hora dele sair do Flamengo já que ele estava em fase de consolidação do seu protagonismo no rubro-negro. Nenhum argumento foi suficiente para demovê-lo da idéia. Acrescento ainda que o salário do Benite no Múrcia é praticamente igual ao que ele percebia no Flamengo.
A não ser que haja uma mudança radical no entendimento da diretoria acho que não vem mais ninguem. Até porque a ideia da diretoria/comissão técnica é sempre trabalhar com 3 jogadores da base na rotação e mais nove, totalizando 12 atletas, mesmo com os jogadores atualmente disponíveis na base..

Barreto disse...

Conversando com o Alexandre Póvoa no dia da apresentação do elenco na loja adidas (você estava lá ), soube que a diretoria do Flamengo tentou convencer o Benite e o seu prurador, se não me engano seu pai, que talvez não fosse a hora dele sair do Flamengo já que ele estava em fase de consolidação do seu protagonismo no rubro-negro. Nenhum argumento foi suficiente para demovê-lo da idéia. Acrescento ainda que o salário do Benite no Múrcia é praticamente igual ao que ele percebia no Flamengo.
A não ser que haja uma mudança radical no entendimento da diretoria acho que não vem mais ninguem. Até porque a ideia da diretoria/comissão técnica é sempre trabalhar com 3 jogadores da base na rotação e mais nove, totalizando 12 atletas, mesmo com os jogadores atualmente disponíveis na base..

Joanilson Silva disse...

Resumindo o Brasil perde jogadores importantes q poderiam ajudar o desenvolvimento de novos talentos por nada, so pq o jogador sabe q não se investe no Basquete no Brasil.

Vcs viram as reportagem sobre a CBB no UOL? É lamentavel q o dinheiro q deveria ser investido é todo dividido entre eles....

Tbm acho q esse seria o grande ano do Benite, e com o Flamengo disputando jogos contra times da NBA ele poderia ficar numa vitrine muito maior.

André Amaral disse...

Ok Barreto, mas seria uma referência pra quando o Luz não tiver jogando e deixaria o GG como terceira opção.