domingo, 24 de julho de 2016

A inauguração da tão esperada piscina olímpica do Flamengo

Em 1965, no aniversário de 70 anos, o Flamengo inaugurava sua piscina olímpica. À época era considerada a mais moderna do país.


Em 04 de fevereiro de 2013 a piscina precisou ser interditada por vazamentos e estrutura comprometida. Além dos riscos para os atletas, o clube teve um prejuízo de meio milhão de reais em sua conta de água.

Mais de três anos depois o Flamengo volta a ter orgulho de uma de suas maiores tradição: o parque aquático. Foi inaugurada neste domingo na Gávea a mais nova e moderna piscina do mundo: Myrtha. Foram gastos cerca de R$ 7 milhões: uma parte via incentivo fiscal estadual da empresa Lafarge, uma outra parte em parceria com a Confederação Brasileira de Clubes e a outra gasta pelo clube.

A inauguração contou com diversos ex-atletas e autoridades do esporte. As raias foram batizadas em grandes nomes da natação Rubro Negra.

Raia 0 - Mariana Brochado
Raia 1 - Fernando Scherer
Raia 2 - Cristiana Lobo/Fernanda Veiirano
Raia 3 - Ricardo Prado
Raia 4 - Patricia Amorim
Raia 5 - Família Rômulo Arantes
Raia 6 - Fernanda Carsalade
Raia 7 - Jorge Fernandes
Raia 8 - Maria Elisa Guimarães
Raia 9 - Marcelo Jucá

Em 2012, com Patrícia Amorim, o clube voltou a conquistar depois de dez anos um título brasileiro. A equipe contava com diversos atletas da seleção e dois estrangeiros. Mas era um planejamento perecível e insustentável.

Lá no começo da gestão de Eduardo Bandeira de Mello, em 2013, o Flamengo precisou encerrar sua equipe adulta de natação. Além do rombo financeiro, a estrutura era deprimente. Como ter atletas do nível de César Cielo, Joana Maranhã, Daynara de Paula e não ter aonde treinar, apenas para ganhar campeonato?

A inauguração é um símbolo da reestruturação dos esportes olímpicos. Além do equipamento moderno, os atletas contam desde do ano passado com uma academia de ultima geração.

Os esportes olímpicos e especialmente a natação voltam a ser tratados como merecem.





2 comentários:

Gustavo disse...

Evento simplesmente espetacular em uma manhã inesquecível na Gávea. Piscina de sonhos. Falta somente reformarem a arquibancada.

Participei do tour com o Póvoa explicando as coisas. O que essa diretoria está fazendo nos esportes olímpicos é emocionante. A homenagem aos atletas do passado rubro-negros nos enchem de orgulho. Esse é o Flamengo que eu quero.

Anônimo disse...

Parabéns e muito agradecido ao Pres. Eduardo B. de Mello e à hiper competente dupla dos Esportes Olímpicos do CRF, Alexandre Póvoa e Marcelo Vido, que jamais descansam, quando se trata de elevar os esportes olímpicos do Clube aos píncaros da perfeição. Também participamos do "Tour", antes da reinauguração da Piscina Olímpica Myrtha, onde nos foram apresentados os demais melhoramentos esportivos, tais como a nova Sala de Judô, Ginásio Cláudio Coutinho e Ginásio Hélio Mauricio, todos incrivelmente belos e modernos sob todos os aspectos!!!
Ficamos muito felizes e orgulhosos pelo Novo Flamengo, que está surgindo e empolgando seus associados e torcedores a cada dia!!!
Saudações rubro-negros
MDaemon