terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Gonzalo Garcia quer dar um toque argentino no Flamengo, se conseguir, será excelente!


Gonzalo Garcia foi apresentado oficialmente à imprensa ontem no Ginásio do Tijuca. Domingo ele já comandou o primeiro treino com os jogadores, e agora prepara em dois turnos o time para o jogo de sexta-feira contra o Joinville no Rio de Janeiro às 20h.

O novo treinador Rubro Negro fechou contrato por seis meses e foi a terceira opção da diretoria. Carlos Duro era a primeira, mas não aceitou por ter contrato com uma equipe argentina, e Sérgio Hernandez era a segunda mas também não aceitou por ter contrato em vigor com o Peñarol de Mar del Plata até abril, mas não fechou as portas para uma possível vinda ao final da temporada. Seria sensacional!

O papo com a imprensa foi interessante e promissor. Garcia afirmou querer dar um toque argentino no grupo, controlando o sistema ofensivo e reforçando a defesa. Segundo ele, nas primeiras semanas todos já perceberão algo de diferente.

O foco do trabalho será a defesa, porque aqui no Brasil a marcação é frouxa. Na Argentina é diferente, a defesa é mais forte, muitas vezes até agressiva. Se ele conseguir unir o bom jogo ofensivo do Flamengo, corrigindo um ou outro defeito e arrumar a defesa, aí temos grandes chances de vitórias.

Garcia falou sobre a força do garrafão, que Chupeta não soube explorar mesmo tendo ótimas opções para isso: 

"Quero jogar mais com os grandes no garrafão, porque temos essa qualidade, e os nossos jogadores de interior no elenco têm características diferentes. Araújo (Bábby) e Átila são mais fortes, Jefferson e Guilherme Teichmann saem mais, são mais habilidosos."

O ala pivô Jéfferson comentou o ritmo de treino do seu novo treinador: 

"Já fizemos dois treinos e deu para perceber que ele gosta muito da parte tática. Tira o melhor de cada um, corrige defeitos e explora as qualidades".

4 comentários:

Anônimo disse...

Boa noite André Amaral, sabe me dizer a quantas anda a obra do Ginasio de basquete do Fla ?

SRN

Caco disse...

Pra mim tá meio estranho uma coisa...
O Hernandez disse que não podia pelo contrato com o Peñarol,mas não descartou. Há quem diga na imprensa argentina que ele queria muito o acerto por entender que a projeção dele no Fla,e o projeto da diretoria são espetaculares,sem falar na grana,claro,já que o Flamengo pagaria talvez o dobro do que ele ganha no clube argentino...
Ele não fechou as portas para o acerto e a temporada argentina que termina em abril,só começa de novo em julho,justamente dias depois do término do contrato do Garcia...
Não sou muito esperto,mas,ligando dois mais dois,isso tá com car de:"Vai lá,segura a onda com ele,que é bom e que entende meu jogo,que depois eu chego e dou continuidade."
Abraço a todos.

André Amaral disse...

As reformas ainda continuam, tenho uma foto nova em casa, à noite eu posto aqui no blog.

Tanto a SKY quanto a BMG estão patrocinando. Arquibancada, quadra, tabelas, mas a capacidade pelo regulamento do NBB não comporta jogos, uma pena.

Abraços

André Amaral disse...

Caco, eu também não duvido disso. Aposto na chegada do Hernandez no meio do ano. Seria excelente mesmo.

Mas antes é bom torcer para que o trabalho do Garcia dê muito certo, mas tudo caminha pra isso mesmo.

Abraços