sábado, 5 de junho de 2010

Jogadores livres para a final domingo!


A noite foi de vitória nos bastidores para o basqute Rubro Negro, que corria risco de perder seis atletas para a final de domingo, mas o julgamento do STJD foi adiado para data ainda a ser marcada e o Mengo vai completo contra Brasília.

O melhor seria que tivesse o julgamento de uma vez para absolver os atletas e acabar com essa história e não beneficiar o infrator, mas menos mal que os seis jogadores estão livres para jogarem domingo.

Aliás, seria totalmente sem noção punir os atletas, porque vejamos um bom exemplo:

Todo inicio de mata-mata a torcida invade na primeira partida e briga com os 2 melhores do adversário. Teríamos a Arena suspensa, íamos jogar no Maracanãzinho contra um adversário capenga

Olha só como valeria a pena!!!

Os atletas foram indiciados na quarta-feira e é óbvio que o julgamento não pode ocorrer dois dias após, pois é evidente que não há tempo hábil para preparar a defesa. O julgamento para ser realmente justo, ele tem que dar chances reais de defesa aos acusados.

O ginasio foi interditado preventivamente como determina a lei, os atletas foram denunciados e seriam julgados hoje, mas pela falta de tempo não pode ser realizado.

Fato que agradou o advogado Bruno Minioli, do Brasília e seu time:

“O adiamento para nós foi favorável, porque a gente vai conseguir ter mais acesso ao processo. E também será importante para que se tire o calor do caso. O melhor é deixar a poeira baixar para que possamos analisar sem emoções. Com certeza a comissão vai poder decidir o caso com a razão”.

Então sem chororo antecipado!

2 comentários:

Miguel Gonzalez disse...

Que vergonha! Tudo no Brasil é assim, né? Adiam julgamento para beneficiar uns e outros. O julgamento tinha que ter acontecido antes da 4a partida.

André Amaral disse...

Falam que só o Brasília foi punido e que o Flamengo foi privilegiado pela decisão do STJD.

Está errado! Ninguém foi punido, todos os julgamentos foram adiados.

A troca de palco para a final não foi uma punição, foi uma conclusão após vistoria dos responsáveis pela segurança no estádio.

Vistoria que concluiu que o Nilson Nelson não tem condições de receber o quinto jogo sem oferecer riscos aos atletas.

A punição se daria caso o BSB/Universo tivesse mando de jogo invertido e ou multa aplicada.

O jogo continua sendo em casa e com mando de 'campo' dos brasilienses.

Mas isso aí é um problema do time da capital federal, que não tem outro ginásio e não do Flamengo.

Não adianta distorcerem os fatos, usarem a troca do ginásio como se fosse punição ao BSB, não foi.

Melhor mesmo é se concentrar, esquecer a derrota avassaladora de quinta e entrar em quadra para tentar evitar o tri do time carioca.