sábado, 5 de junho de 2010

Fla eliminado no Pólo Aquático masculino

Infelizmente a equipe masculina de Pólo Aquático foi eliminada do Troféu Brasil depois de perder para o Paulistano por 8 x 4 na noite de ontem no Parque aquático Júlio de Lamare.

O Flamengo teve erros bobos, como perder um penalti e logo em seguida o adversário ficou sozinho pra fazer o gol e em outra vez o Rubro Negro estava sozinho para fazer o gol e seu companheiro fez uma falta de ataque, são erros que não podem acontecer em partidas equilibradas.

Para o rubro-negro marcaram Rodrigo Nascimento (2), Rafael Veiga e o espanhol Dani Garcia. O espanhol Albert Español, destaque do time carioca nas partidas anteriores, desta vez esteve bem marcado e desafinou na cobrança de um pênalti, defendido pelo goleiro, quando estava 4 a 2 para o adversário.

Sempre que o Flamengo esboçava reagir na partida, o clube paulista apertava seu sistema defensivo e contra-atacava com rapidez. O Paulistano teve mais competência nos arremessos a gol e apesar de enfrentar um adversário que não esmoreceu em nenhum momento, mereceu a vitória.

Mas o melhor de tudo foi que a torcida compareceu e fez muito barulho. Cantou o jogo todo, e até levaram sinalizadores e estavam com bateria!

Valeu a turma do Pólo Aquático!

2 comentários:

Miguel Gonzalez disse...

Basquete: Acho que o julgamento deveria ter acontecido mesmo antes do 4o jogo. Acho que todos os envolvidos deveriam ter sido punidos. Como disse anteriormente, acho que o TJD deveria ter ou anulado a 3a partida ou até mesmo ter dado a vitória ao Flamengo. Se quiserem moralizar é isso que deveriam ter feito.

Discordo do seu comentário anterior dizendo que o mando de campo continua sendo do Universo. Não li em nenhum lugar que o Universo preferia jogar em Anápolis. A decisão de marcar o jogo ali foi do Novo Basquete Brasil.

Mesmo assim, o julgamento de todos, para absolvição ou punição deveria ter sido antes do 4o jogo. Claro que o Ginásio Nilson Nelson deveria ter sido interditado; o Universo punido; e pelo menos o jogador Dedé (este agrediu um torcedor) do Flamengo punido também.

André Amaral disse...

Miguel

Brasília poderia jogar em outro ginásio na sua cidade, mas não existe ginásio que comporte um jogo como esse.

O que podemos fazer?

E repito, ninguém foi punido ainda, a punição se daria caso o BSB/Universo tivesse mando de jogo invertido e ou multa aplicada.