terça-feira, 25 de maio de 2010

Helinho para comandar o futebol!

Que luta para alguém aceitar o cargo de VP de futebol do Flamengo. Ontem mais um candidato recusou, Michel Assef agradeceu o convite da presidente, mas prefiriu continuar com sua carreira de advogado.

Helinho deve ser anunciado hoje para comandar o futebol. Não tem mais tempo a perder, depois de um mês, finalmente o Fla terá que alguém que responsa pelo futebol, e não mais um diretor jurídico ou o vice de administração e finanças.

Para poder assumir esse cargo amador e obrigatório no Clube, tem que ser sócio. Então não tem muita escolha mesmo não, enquanto tiver esse estatuto atrasado, vamos conviver com esse mesmo grupinho de sempre.

Agora como todos sabem, é um cargo político, eu fico mais na expectativa de quem será o executivo, pois esse sim fará a diferença. Se a presidente quer realmente profissionalizar o Flamengo, a escolha de um manager é o mais importante, e tem que ser rápida.

Quem é Helinho?
Ele assumiu um mandato tampão em outubro de 2002 com extensao ate o fim de 2003, depois do impeachment de Edmundo Santos Silva e depois de Gilberto Cardoso Filho!

Livrou o Flamengo do rebaixamento no ano de 2002 e no ano de 2003 foi vice da copa do brasil perdendo para Cruzeiro de Luxemburgo e ficou na 8º posição no Brasileiro, isso tudo naquele pós guerra que o Clube ficou depois da saída de Edmundo e a quebra da ISL.

Depois da eliminação da Taça Libertadores, Helinho disse uma frase, e espero que agora, como VP de futebol, coloquem em prática: "Não existe mau funcionário, existe mau patrão. Patrão bom é patrão ruim. O difícil é arrumar um infeliz que saiba jogar bola. A gente está lá para dar suporte. Sou sempre a favor do talento. E acho que se não consegue administrar um talento, a falha é da administração. Consertar disciplina é um problema da administração"

O Flamengo está brigando por títulos no Brasileiro a três anos, então cobro da presidente essa continuidade.

Cobro da presidente um time forte, mantendo a base do hexa ou não, só que não dá pra contar apenas com os muleques novos, sozinhos e com toda a responsabilidade é muito arriscado.

Tempo terá, pela paralisação da Copa do Mundo, agora será que terá competência?

3 comentários:

oPerna disse...

estou até confiante com o time que temos, mas não estou é confiante com a diretoria em relação a conservação dele. Não acredito muito que o hélio vá resolver o problemas, mas como vc mesmo disse, tem que ser sócio, então que nos contentemos com essa galerinha ai mesmo, chato isso, mas é assim.

e tenho dito

Régis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Régis disse...

Sinceramente se a primeira contratação da era "puro sangue" da Patricia Amorim na presidência for o jogador Washinton, ela pode se preparar para MUITAS criticas. Depois de varios "nãos" para o cargo de VP ela teve que nomear o dinossauro Helio Ferraz (que certa vez disse não entender muito de futebol) e depois disso contratar um jogador em decadência e já tão rodado seria o fim da picada. Vai passar recibo de ineficiência total. Depois de sentir certo entusiasmo com o nome da Patricia como presidenta, ando muito preocupado com o futuro do Flamengo, ainda mais com as pessoas que estão aí para comandar o futebol. Até mesmo com essa estória de que agora vamos valorizar a base já que sabemos que o Veloso (que faz parte do conselhinho) foi o presidente que vendeu a preço de bananas varias revelações da base rubro negra como o Djalminha por exemplo.
Sei não...