terça-feira, 4 de maio de 2010

Derrota no primeiro jogo da semi!

Ah Mengão! Ah Mengão! Não se perde um quarto por 35 x 21 impunemente!

Placar final: 90 x 82 para Franca e 1 x 0 na série melhor de cinco. Agora serão dois jogos, um na sexta-feira e o outro no domingo na Arena HSBC na Barra.

Franca mereceu a vitória, fez um jogo de recuperação até o final, com o apoio de sua torcida fanática e somado ao aproveitamente sensacional dos lances livres: 28 em 28.

Foi um jogaço, alto nível técnico e emoção até o final. Segundo os especialistas do esporte, foi um jogo que a muito tempo não se via aqui no Brasil!

Confesso que não tive coragem de ver o jogo até o final, principalmente no último quarto, afinal tenho que reserva um pouquinho de saúde para essa quarta-feira, mas foi lamentável a forma que o time se perdeu nos minutos finais.

O Flamengo começou avassalador nas cestas de três com Hélio e Marcelinho com a mão certeira. Tirando uma ou outra bola mal chutada, o time soube trabalhar bem no ataque e sempre soltar para aquele que estava livre!

O time de Franca parecia nervoso, não encontrava a marcação ideal e errava no ataque.

Enquanto as bolas caíam, tudo ótimo, a situação começou a estragar quando as bolas deixaram de cair, e o time de Paulo Chupeta não encontrou um "plano B" e principalmente porque Franca acertou a marcação e acabou matando os tiros longos do Fla.

Para ficar mais claro, o Rubro Negro deu 36 chutes de longa distância, e executou apenas 27 arremessos de dois. Marcelinho tentou 12 chutes e acertou apenas 3.

Teichmann talvés tenha feito a sua pior partida no Fla, só fez faltas e perdeu lances bobos. Jéfferson não mostrou o mesmo basquete que o consagrou, para o leitor ter uma idéia, o melhor do time foi Coloneze, que estava devendo, mas hoje foi muito bem.

Final de jogo o bendito do Rogério resolveu aparecer e matou o sonho Rubro Negro em vencer a partida. O trio Rogério, Helinho e Márcio resolveram o jogo para Franca com 60 pontos somados.

Agora é esquecer o apagão do segundo tempo, procurar alternar os ataques e vencer os dois jogos no Rio para tentar fechar em Franca na quarta partida.

3 comentários:

André Monnerat disse...

Eu só vi o último quarto e vou dizer: achei muito ruim!

Quando liguei a TV, o Flamengo estava 9 pontos na frente. Deve ter ficado uns três minutos sem fazer um ponto sequer, e mesmo assim o Franca não passava, pois errava demais também. E poucas vezes vi um time se posicionar tão mal no rebote quanto o deles. Os caras demoraram a aceitar o jogo que o Flamengo tava entregando!

Até que finalmente eles conseguiram passar, a torcida se inflamou, o Flamengo se desesperou - e o Chupeta deu mole, porque demorou demais a parar o jogo. No final, eles ganharam confiança e começaram a acertar umas bolas de três incríveis. Aí a coisa já tinha ido pro brejo.

Mas é isso, pelo menos naquele quarto, não achei um bom jogo não. Se não fosse o finalzinho, aliás, em que o Flamengo esticou o jogo à beça com faltas e ataques corridos, como se ainda tivesse alguma chance, a contagem teria sido baixa - ainda mais se considerar o incrível índice de aproveitamento nos lances livres, principalmente de Franca. Isso realmente foi de alto nível, fazia tempo que não via um time acabar o jogo com 100% mesmo arremessando tantos livres.

André Amaral disse...

É André, o time não consegue ser regular o jogo todo.

Chegou a abrir, veja vc, 17 pontos no primeiro quarto, quando selecionava melhor os ataques de três, mas depois fui tudo chute forçado, sem trabalhar a bola..

Depois quando viraram o jogo já era, a torcida veio junto e empurrou o time..

Não vi o final, mas acompanhando pelas redes sociais disseram que foi péssimo..

Uma pena!!!

Orlani Junior disse...

Cara, você fez bem em não ver o final. Que sofrimento! Errou tudo que tinha direito. Foi flórida...

Sexta damos o troco bem dado!

SRN